Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Itaperuna vai receber recursos para ampliar o atendimento à população atingida pelas enchentes

Saúde

Itaperuna vai receber recursos para ampliar o atendimento à população atingida pelas enchentes

por Portal Brasil publicado: 27/01/2012 17h54 última modificação: 29/07/2014 09h10

Para reestruturar a rede de saúde local e ampliar o atendimento à população atingida pelas enchentes, o Ministério da Saúde vai liberar cerca de R$ 3,7 milhões para o município de Itaperuna (RJ). O anúncio foi feito no último dia 14 pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que visitou cidades fluminenses afetadas pelas chuvas fortes.

O repasse permitirá a ampliação da assistência hospitalar e poderá ser utilizado para custear procedimentos como cirurgias e exames, e aquisição de medicamentos e insumos. Esses recursos podem ser utilizados em obras para reconstruir unidades de saúde.Os recursos também estão disponíveis para financiar hospitais de pequeno porte e o Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu 192), entre outros.

“Essa iniciativa soma-se ao trabalho que a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FNSUS) tem desenvolvido desde o ano passado para que vítimas de calamidades sejam atendidas com eficiência e rapidez”, resume. Ele lembra que, desde o último dia 5, foram enviados 15 toneladas de medicamentos para socorrer vítimas das enchentes no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, além de atuar junto com estados e municípios em ações de prevenção, vigilância e atenção à saúde.

Para municípios com danos no abastecimento de água, a FNSUS dispõe de frascos de hipoclorito, que serve para purificar a água e torná-la própria para o consumo. Também foram adiantados recursos (R$ 7,8 milhões) para a média e alta complexidade do município de Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro.

“A Força Nacional do SUS continuará atuando em regiões em que problemas foram agravados com a danificação da estrutura de saúde, além do atendimento das vítimas das chuvas e do risco de aumento de doenças, sobretudo as transmitidas por água, alimentos e animais”, assegura o ministro.

Mais informações estão disponíveis no site do Ministério da Saúde.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital