Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Pais devem incentivar filhos a comer alimentos saudáveis durante férias escolares

Saúde

Pais devem incentivar filhos a comer alimentos saudáveis durante férias escolares

por Portal Brasil publicado: 11/01/2012 18h54 última modificação: 29/07/2014 09h10

O Ministério da Saúde recomenda que pais incentivem filhos a se alimentarem com frutas frescas, água, suco natural e comidas saudáveis e variadas para evitar consumirem guloseimas durante o período de férias escolares. Maus hábitos alimentares podem levar à obesidade infantil.

No período das férias escolares é necessário estar atento à alimentação das crianças. "Este é o momento ideal para a família e amigos reforçarem a prática da alimentação saudável ou aproveitar o tempo livre para rever hábitos alimentares", destaca a coordenadora-geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Patrícia Jaime.

Os alimentos semi-prontos ou considerados "ultra-processados", como por exemplo, biscoitos, salgadinhos e refrigerantes, muito apreciados pelo público infantil, geralmente são bastante consumidos nesta época do ano. Mas, o excesso destes alimentos ricos em açúcares, sal e gorduras trans e saturadas podem levar à obesidade e ao diabetes tipo 2 ainda na infância, como alerta Patrícia Jaime. "É sempre importante que os pais estimulem a prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável entre os filhos. Nas férias, a dica é ter sempre em casa frutas frescas, água e suco natural em locais de fácil acesso às crianças como forma de se evitar ou substituir as guloseimas", aconselha.

A fim de tornar os momentos de refeição mais atrativos, prazerosos e pedagógicos, a sugestão da coordenadora do Ministério da Saúde é oferecer às crianças comidas variadas e coloridas, contemplando todos os grupos de alimentos, como cereais, legumes, frutas, laticínios, carnes. "Que devem ser bem distribuídos ao longo do dia", acrescenta Patrícia Jaime.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a obesidade entre crianças e adolescentes apresenta índices crescentes a cada ano. De acordo com o estudo, uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital