Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Salvador ganha centro de tratamento para usuários de drogas

Saúde

Salvador ganha centro de tratamento para usuários de drogas

por Portal Brasil publicado: 30/01/2012 14h05 última modificação: 29/07/2014 09h10

Salvador (BA) ganhou na última semana um Centro de Atenção Psicossocial III Álcool e Drogas de Gregório Matos (Pelourinho). A unidade poderá atender cerca de 120 pessoas por mês. O Ministério da Saúde investiu R$ 713 mil no centro, sendo R$ 563 mil na reforma e R$ 150 mil na implantação.

O Centro de Atenção Psicossocial de Gregório Matos reforça as ações do programa Crack, é possível vencer, lançado em dezembro do ano passado pela presidenta da República, Dilma Rousseff.  A cidade de Salvador é considerada uma das prioridades do programa e, por isso, já recebeu R$ 258 mil para construção de uma unidade de acolhimento adulto, um consultório na rua e custeio imediato de 15 leitos. Até 2014, a capital baiana terá 389 novos leitos psiquiátricos.

Para a Bahia, estão programados, até o fim de 2014, 142 novos leitos e qualificados outros 49 (totalizando 191) em enfermarias especializadas em álcool e drogas, destinados a internações de curta duração, além de 26 novas unidades de acolhimento (390 leitos), sendo 18 destinadas ao atendimento de adultos e outras oito para crianças e adolescentes.

O estado também receberá um novo Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas, com oito leitos, que vai funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana. Outros seis centros, com capacidade para 48 leitos, também irão se tornar 24 horas. Os centros oferecem tratamento continuado a pessoas – e seus familiares – com problemas relacionados ao uso abusivo e dependência de álcool, crack e outras drogas.

Dezesseis novos consultórios na rua ainda serão implantados até dezembro de 2014 no estado. Os consultórios contam com profissionais que fazem intervenções de saúde para população em situação de rua (crianças, adolescentes e adultos) em seu contexto, incluindo locais de uso público de drogas, as chamadas cracolândias.

Nova base do Samu

Em Santo Amaro, na Região Metropolitana de Salvador, foi inaugurada na última sexta-feira (27) uma nova Base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A área de abrangência do novo Samu é superior a 3,2 milhões de habitantes, já que beneficia dez municípios – Candeias, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Salvador, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Saubara, Simões Filho e Vera Cruz.

O investimento do Ministério da Saúde na Base de Santo Amaro foi de R$ 248 mil na compra das duas ambulâncias de suporte básico já equipadas. Além disso, o ministério repassará R$ 300 mil por ano para a manutenção da unidade.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, fez um apelo à população para que não use o número 192 do Samu para passar trote. Ele alerta que ao ocupar o telefone de urgência com brincadeiras pode impedir ou retardar o atendimento a quem realmente precisa.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital