Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Saúde envia ajuda emergencial ao Rio de Janeiro

Saúde

Saúde envia ajuda emergencial ao Rio de Janeiro

por Portal Brasil publicado: 05/01/2012 17h39 última modificação: 29/07/2014 09h10

O Ministério da Saúde enviou nesta quinta-feira (5) cerca de 4 toneladas em medicamentos e produtos usados em caso de desastres para municípios mais afetados pelas enchentes na região serrana e noroeste do estado do Rio de Janeiro. O material pode atender 30 mil pessoas durante um mês. A medida faz parte das ações da Força Nacional do SUS.

Serão enviados antibióticos, antiinflamatórios, antiparasitários, analgésicos, antitérmicos, anti-hipertensivos, ataduras, esparadrapos, luvas, máscaras, cateteres e seringas. “O Ministério da Saúde se preparou para oferecer todo o apoio para os estados e gestores municipais em regiões afetadas pelas por situações de desastres”, ressalta Adriano Massuda, secretário Executivo Adjunto do Ministério da Saúde. 

O ministério também garantiu todos os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) para os municípios não só do Rio de Janeiro, como de Minas Gerais e Espírito Santo. “Estamos prontos para oferecer o que for necessário para que a população do Rio de Janeiro e outros estados continuem contando com os todos os serviços do Sistema Único de Saúde em seus municípios”, afirma.

O governo federal também disponibilizou equipes da Força Nacional do SUS, composta por profissionais de vigilância e atenção à saúde, aos três estados. Estas equipes integram o Gabinete de Monitoramento e Operações do Governo Federal, coordenado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil. 

Os medicamentos e insumos são disponibilizados pelo Ministério conforme os critérios da Portaria GM nº. 74, de 20 de janeiro de 2009, para atendimento aos municípios atingidos por desastres de origem natural, associados às chuvas, ventos e granizo. Cada pacote é composto por 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos estratégicos com capacidade para atender até 500 pessoas desabrigadas e desalojadas por três meses.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo amplia vacinação contra HPV para meninos de 11 a 15 anos incompletos
Homens e mulheres transplantados, além de pacientes em radioterapia e quimioterapia, também serão imunizados
SUS oferece tratamento gratuito contra a asma
Sistema Único de Saúde disponibiliza, de forma gratuita, os medicamentos para tratamento contra a asma
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Homens e mulheres transplantados, além de pacientes em radioterapia e quimioterapia, também serão imunizados
Governo amplia vacinação contra HPV para meninos de 11 a 15 anos incompletos
Sistema Único de Saúde disponibiliza, de forma gratuita, os medicamentos para tratamento contra a asma
SUS oferece tratamento gratuito contra a asma
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue

Últimas imagens

Desde 2011, itens são conduzidos por cinco empresas aéreas que assinaram o termo
Desde 2011, itens são conduzidos por cinco empresas aéreas que assinaram o termo
Divulgação/Ministério dos Transportes
Acre possui 54 obras de serviços de saúde em execução no momento
Acre possui 54 obras de serviços de saúde em execução no momento
Divulgação/Governo do Acre
Pagamento dos recursos, incorporados ao Teto MAC do estado, será feito regularmente em parcelas mensais
Pagamento dos recursos, incorporados ao Teto MAC do estado, será feito regularmente em parcelas mensais
Divulgação/Ministério da Saúde
Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Foto: Sergio Amaral/MDS
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
J. Freitas/Agência Brasil

Governo digital