Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Secretaria capacita profissionais de saúde em doenças comuns após enchentes

Saúde

Secretaria capacita profissionais de saúde em doenças comuns após enchentes

por Portal Brasil publicado: 09/01/2012 18h21 última modificação: 29/07/2014 09h10

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro anunciou nesta segunda-feira (9) a realização de um seminário para a capacitação de profissionais de saúde das regiões norte e noroeste do estado. As aulas serão realizadas quarta-feira (11) em Itaperuna, no noroeste do Rio. O objetivo é treinar médicos e enfermeiros na detecção precoce e no tratamento de doenças comuns após alagamentos, como a leptospirose, transmitida pela urina de ratos.

Ao todo, a secretaria espera treinar em quatro horas de curso cerca de 100 profissionais. Serão capacitados técnicos em saúde de Itaperuna, Cardoso Moreira, Italva, Laje do Muriaé e Santo Antônio de Pádua, entre outras cidades das duas regiões mais atingidas pela chuva.

De acordo com o setor de zoonoses da secretaria, 63% dos casos de leptosprose registrados no ano passado ocorreram nos municípios da região serrana, após as fortes chuvas. No entanto, em função das ações integradas, foi registrada apenas uma morte entre os mais de 700 casos da doença na região.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital