Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 02 > Representantes da Anvisa participam de fórum internacional em Cingapura sobre produtos de saúde

Saúde

Representantes da Anvisa participam de fórum internacional em Cingapura sobre produtos de saúde

por Portal Brasil publicado: 27/02/2012 16h03 última modificação: 29/07/2014 09h08

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) participará da reunião inaugural do Fórum Internacional de Reguladores de Produtos para a Saúde, que acontece nesta terça-feira (28), em Cingapura. O fórum conta com as autoridades reguladoras de produtos para a saúde da Austrália, do Brasil, do Canadá, da China, dos Estados Unidos, do Japão e da União Europeia, além da participação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os seis países e a União Europeia vem estreitando relações e preparando o lançamento do fórum há dois anos. A nova organização recebeu o nome da sua abreviatura em língua inglesa, IMDRF, ou International Medical Devices Regulators’ Forum.

A expectativa dos países fundadores é que no IMDRF sejam acelerados os trabalhos para a harmonização regulatória internacional sobre os produtos para a saúde, que são todo tipo de equipamento ou produto utilizado em procedimentos médicos. Esse ambiente também deverá se tornar um foro privilegiado para o intercâmbio de experiências.

O encontro de Cingapura irá informar sobre as atividades do fórum e abrirá espaço para diálogo e manifestações sobre temas de interesse do campo da regulação de produtos para a saúde. Nesta primeira reunião do Comitê Gerenciador do IMDRF serão definidos quais são os temas estratégicos a serem trabalhados pelos grupos técnicos, que passarão a funcionar a partir do próximo mês de março.

 

Fonte:
Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital