Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 02 > Força Nacional termina primeiro ciclo de prevenção da criminalidade no Entorno do DF

Saúde

Força Nacional termina primeiro ciclo de prevenção da criminalidade no Entorno do DF

por Portal Brasil publicado: 24/02/2012 17h24 última modificação: 29/07/2014 09h08

A Força Nacional de Segurança Pública termina esta semana o primeiro ciclo do projeto Força na Comunidade, desenvolvido em Luziânia desde janeiro. São realizadas ações de prevenção à criminalidade, com aulas sobre drogas e cidadania, recreação, além da ocupação de áreas antes abandonadas como a Praça Miguel Jesus Salomão. Desde 3 de janeiro, já foram beneficiadas 1,3 mil pessoas entre idosos, adultos, adolescentes e crianças.

No evento de encerramento no sábado (25), das 8h às 17h, serão oferecidas oficinas de DST/Aids, orientações jurídicas, corte de cabelo em 10 barracas montadas na Praça Miguel Jesus Salomão.

Depois que 25 profissionais da Força Nacional começaram a oferecer serviços, a Praça Miguel de Jesus Salomão passou a ser um dos lugares mais frequentados pela comunidade. Os adultos têm aula de ginástica e alongamento. Idosos aferem pressão e recebem orientações sobre qualidade de vida e saúde. Já as crianças e os adolescentes aproveitam as quadras desportivas para brincar e jogar futebol.

Com o objetivo de tornar esse espaço urbano seguro e interagir melhor com a comunidade de Luziânia, a Força Nacional fez parcerias com órgãos públicos, como a prefeitura, além de profissionais liberais e organizações não governamentais.

Além das ações na praça, os jovens contam com colônia de férias, em que 120 crianças conhecem o trabalho dos bombeiros da Força e aprendem noções de primeiros socorros, perícia técnica, educação ambiental, prevenção às drogas, civismo e atividades aquáticas.

“A mobilização social provocada pelo projeto ajuda a fortalecer as ações da Força Nacional e aprimorar a relação entre a polícia e a comunidade”, conta o coordenador do projeto, capitão Paulo José Machado Anselmo. A intenção, de acordo com ele, é expandir ações como essa para outros bairros e atender as escolas públicas do Entorno.

 

Fonte:
Ministério da Justiça

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital