Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 02 > Hospital da Restauração modifica atendimento a pacientes em Pernambuco

Saúde

Hospital da Restauração modifica atendimento a pacientes em Pernambuco

por Portal Brasil publicado: 07/02/2012 15h33 última modificação: 29/07/2014 09h08

Com apoio do S.O.S Emergências, do Ministério da Saúde, o Hospital da Restauração (HR), em Recife (PE) vai iniciar procedimentos para a qualificação da gestão e do atendimento. O objetivo do programa, que também está presente em outros 10 hospitais públicos do País, é ampliar o acesso dos usuários em situação de emergência e humanizar o atendimento.

Entre as medidas que serão implantadas no HR está a classificação de risco: todos os pacientes, ao dar entrada no hospital, serão classificados por uma equipe especializada, de acordo com a gravidade de cada caso. Os mais graves terão prioridade de atendimento na emergência. “A classificação de risco é importante para a prestação de um atendimento mais eficiente, rápido e decisivo aos pacientes com maior risco de vida, que devem ser atendidos imediatamente após sua chegada ao hospital”, afirma o diretor geral do hospital, Miguel Arcanjo.

Também será inserido na rotina hospitalar o método de gestão Kan Ban, derivado de um sistema japonês que foi iniciado dentro das fábricas da Toyota. “Esta ferramenta foi levada do setor industrial para o hospitalar, passando a ser utilizada para monitorar a ocupação e a permanência dos pacientes na emergência”, explica Arcanjo.

O Kan Ban ajudará a diminuir o tempo de permanência do paciente nas salas de emergência clínica, gerando uma maior rotatividade de leitos, e auxiliará na identificação das dificuldades que impedem a liberação de pacientes. Por meio do procedimento, a direção poderá estabelecer medidas diretas para combater os principais problemas.

 

Computadores

A ação do Ministério da Saúde liberou, no último mês de dezembro, R$ 200 mil para o hospital. Esta verba será usada para a aquisição de 15 computadores e outros equipamentos eletrônicos para a emergência, como impressoras e leitores ópticos fixos e móveis que ajudarão na identificação de pacientes e medicamentos. As máquinas serão ligadas em rede e receberão um sistema integrado de gestão hospitalar que vai facilitar o acompanhamento médico dos pacientes.

Além das medidas realizadas dentro da estratégia do S.O.S Emergências, o Hospital da Restauração já teve outras conquistas este ano. O plano para aperfeiçoar as cirurgias eletivas, elaborado pela diretoria da unidade, proporcionou a redução do tempo médio de permanência dos pacientes na sala de recuperação, gerando um aumento do número de leitos disponíveis.

Também houve uma ampliação da quantidade de leitos de retaguarda, feita em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde. Com a inauguração, em dezembro, do hospital Armindo Moura, localizado no município de Moreno, foram abertas 40 vagas de ortopedia. E o Real Hospital Português, uma das maiores instituições particulares do Recife, disponibilizou 21 leitos de retaguarda no setor vascular. A demanda por neurocirurgias eletivas, que antes eram realizadas apenas no HR, começou a ser dividida com o hospital Pelópidas Silveira, também inaugurado em dezembro.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital