Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 02 > Mais recursos federais para Samu em oito estados

Saúde

Mais recursos federais para Samu em oito estados

por Portal Brasil publicado: 15/02/2012 20h21 última modificação: 29/07/2014 09h08

O Ministério da Saúde publicou portarias que beneficiam cerca de 4 milhões de brasileiros usuários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). As portarias determinam o aumento dos valores de custeio do Samu e também o envio de novas ambulâncias para diferentes municípios. As medidas abrangem os estados de São Paulo, Piauí, Paraná, Paraíba, Rio Grande do Sul, Bahia, Rondônia e Tocantins.

No Piauí, a Central de Regulação de Teresina que atende aos municípios Piripiri, Campo Maior e capital, passará a receber R$ 768 mil por ano para seu funcionamento. Um crescimento de quase 240% quando comparado aos R$ 228 mil de custeio anual que a unidade recebia até ano passado. O mesmo aumento foi concedido à Central de Regulação do Samu de Londrina (PR), que atende a 21 municípios da região.

Na Bahia, a Central de Regulação de Vitória da Conquista também passará a contar com um valor de custeio anual de R$ 768 mil. Esta central do Samu é responsável pelo atendimento a 23 cidades baianas. Somados, os municípios possuem mais 780 mil habitantes. O mesmo valor de custeio está garantido para a Central de Regulação de Santos (SP), que acaba de ser habilitada ao serviço. O centro será responsável pelos atendimentos à população de Bertioga e Guarujá, além de Santos.

Já para a Central de Regulação de Apucarana (PR), que atende a 346 mil pessoas em 17 cidades da região, os recursos anuais de custeio repassados pelo governo federal aumentam de R$ 228 mil para R$ 360 mil. Esta central ainda receberá, do Ministério da Saúde, R$ 150 mil por ano para o custeio de uma ambulância de suporte básico do Samu.

As portarias publicadas esta semana também habilitam 45 novas ambulâncias do Samu, sendo 40 unidades de suporte básico e cinco de suporte avançado. Para elas, o investimento do governo federal chega a R$ 7,6 milhões.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital