Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 02 > Ministro anuncia mais recursos para Santa Casa de SP

Saúde

Ministro anuncia mais recursos para Santa Casa de SP

por Portal Brasil publicado: 22/02/2012 20h32 última modificação: 29/07/2014 09h08

A Santa Casa de Misericórdia de São Paulo terá mais recursos para investir na qualificação do atendimento da emergência. O Ministério da Saúde anunciou a liberação de mais R$ 2 milhões para a reforma das instalações, além de R$ 1 milhão liberado anteriormente para a compra de equipamento.

As medidas foram divulgadas pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante visita na sexta-feira (17), para conhecer o diagnóstico e o plano de ações concretizadas pelo Núcleo de Acesso e Qualidade Hospitalar (NAQH). Além disso, o pronto-socorro ganhou 203 leitos de retaguarda exclusivamente para o atendimento de seus pacientes, o que reduz em um terço o excesso de pessoas que poderiam permanecer em acomodações inadequadas.

Segundo Padilha, as melhorias no serviço de emergência da Santa Casa de São Paulo já começam a ser percebida. “A essas melhorias se somarão mais 100 leitos de internação por meio de um convênio com outro hospital que será reativado apenas para funcionar como retaguarda do PS”, disse.

O ministro lembrou ainda que o município de São Paulo e o Ministério da Saúde se comprometeram a unir esforços para acelerar esse projeto, assim como para viabilizar a Casa de Cuidados que a Santa Casa quer criar para tratar, por exemplo, de moradores de rua que dão entrada pelo pronto-socorro.

O projeto conhecido Melhor em Casa para Quem não tem Casa” foi detalhado e orçado pelo Núcleo de Acesso e Qualidade Hospitalar (NAQH), composto por membros do hospital e técnicos do ministério e das secretarias estadual e municipal de saúde, com objetivo de qualificar a gestão das principais emergências do País, oferecendo atendimento ágil, humanizado e com acolhimento.

O ministro Padilha lembrou ainda que, além dos R$ 3 milhões para compra de equipamentos e reforma, dos R$ 3,6 milhões por ano para custeio e do aumento das diárias pagas para os leitos destinados exclusivamente a pacientes vindos do PS, o S.O.S Emergências pode destinar mais recursos para investimentos, mas isso dependerá da apresentação e aprovação de projetos.

Avanços

A partir do diagnóstico e da definição do plano de ação, também está sendo viabilizada a criação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) próxima à Santa Casa para receber e solucionar os casos de menor gravidade. A Santa Casa também pretende fazer uma reforma do pronto-socorro (PS). Com essa obra, a unidade passará a contar com uma enfermaria de retaguarda com 28 leitos; sala de isolamento; consultórios; sala de enfermagem, entre outras instalações.

 

Fonte:
Ministério de Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital