Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 03 > Campanha publicitária pós-carnaval estimula jovem a fazer teste de Aids

Saúde

Campanha publicitária pós-carnaval estimula jovem a fazer teste de Aids

por Portal Brasil publicado: 21/03/2012 11h06 última modificação: 29/07/2014 09h07

O Ministério da Saúde iniciou na TV aberta a segunda parte da campanha de combate à Aids, que começou antes do Carnaval. A ideia agora é estimular o folião que teve relação sexual sem preservativo durante a semana de Carnaval a procurar uma unidade de saúde para fazer o teste de Aids.

Conheça a campanha publicitária sobre Aids veiculada no carnaval para os jovens. 

No vídeo, um rapaz encontra um bilhete de uma pessoa com quem teve relação sexual e um pacote de camisinha, em alusão à possibilidade de a relação ter sido desprotegida. Ele, então, pede ajuda a um elefante para ir ao local onde pode fazer o exame de diagnóstico da doença, em referência à crença popular de que o animal tem boa memória. O filme pode ser visto no site do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do ministério.

Estima-se que mais de 250 mil brasileiros não sabem que estão infectados pelo vírus HIV, conforme dados de 2010, do Ministério da Saúde. Em 2012, o governo federal prevê fazer 3,4 milhões de exames rápidos antiaids, que dão o resultado dentro de 10 a 15 minutos.

O público-alvo da campanha é o jovem homossexual de 15 a 24 anos. Dados do ministério mostram que o número de casos de Aids entre gays dessa faixa etária cresceu 10%. Em 2010, para cada 16 homossexuais com a doença existiam dez heterossexuais. Em 1998, a relação era 12 para dez respectivamente.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital