Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 03 > Instituto Dr. José Frota fecha parceria para ampliar leitos

Saúde

Instituto Dr. José Frota fecha parceria para ampliar leitos

por Portal Brasil publicado: 20/03/2012 20h59 última modificação: 29/07/2014 09h07

Após a desvinculação da Secretaria da Justiça e Cidadania, o Hospital da Polícia Militar, no bairro Farias Brito, em Fortaleza (CE), será integrado à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Dos 72 leitos desta unidade, pelo menos 20 deverão servir de retaguarda ao Instituto Dr. José Frota (IJF). O anúncio foi feito nesta terça-feira (20) pelo secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro.

Monteiro esteve em Fortaleza, representando o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em visita ao IJF, onde acompanhou o andamento do S.O.S Emergências. Ele participou de reunião com a direção do hospital e representantes das secretarias estadual e municipal de saúde. Lá, foram conhecidos o diagnóstico das principais demandas do IJF e o plano de ação proposto pelo Núcleo de Acesso e Qualidade Hospitalar (NAQH), instituído naquela unidade.

Uma das diretrizes estabelecidas pelo plano de ação é a consolidação de parcerias com hospitais das redes pública e privada, para a oferta de leitos de retaguarda para o IJF. Atualmente estão firmados contratos com o Pronto Socorro dos Acidentados, no Dionísio Torres, que recebe pacientes traumatológicos, e com o Hospital Fernandes Távora, na Barra do Ceará, para o atendimento de pacientes neurológicos.

Os leitos do Hospital da Polícia Militar devem ser ofertados a partir de abril, para tratamento de traumato-ortopedia e cirurgias bucomaxilofaciais. A unidade será transformada para atendimentos de maior complexidade e os policiais militares que servem no hospital e que não são da área de saúde já estão sendo realocados.

“Se não sincronizarmos o que acontece dentro do IJF com o que acontece fora do IJF, não resolveremos o problema do atendimento nas emergências públicas. Se a rede hospitalar de retaguarda aumenta, os pacientes saem dos corredores”, afirmou Odorico Monteiro em reunião com o NAQH. O mais importante, segundo ele, é definir o projeto terapêutico do paciente e melhorar seu fluxo, após tirá-lo do risco de morte.

O secretário Odorico Monteiro ressaltou a importância das Unidades de Pronto Atendimento (Upas), que funcionam como unidades intermediárias entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os hospitais e ajudam a desafogar os prontos-socorros. A previsão é de que sejam inauguradas 22 Upas em todo o Ceará este ano, pelo menos seis delas ainda neste primeiro semestre, sendo três em Fortaleza. A capital deve ganhar ainda mais Upas até o fim de 2012.

Através do diálogo com unidades de saúde de outros municípios, também foi possível reduzir a internação de pacientes do interior do estado. Esses pacientes representam 32% dos pacientes nos corredores atualmente, mas já chegaram a ser 48%.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões

Últimas imagens

A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Karina Zambrana/Ministério da Saúde
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital