Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 03 > Instituto Dr. José Frota fecha parceria para ampliar leitos

Saúde

Instituto Dr. José Frota fecha parceria para ampliar leitos

por Portal Brasil publicado: 20/03/2012 20h59 última modificação: 29/07/2014 09h07

Após a desvinculação da Secretaria da Justiça e Cidadania, o Hospital da Polícia Militar, no bairro Farias Brito, em Fortaleza (CE), será integrado à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Dos 72 leitos desta unidade, pelo menos 20 deverão servir de retaguarda ao Instituto Dr. José Frota (IJF). O anúncio foi feito nesta terça-feira (20) pelo secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro.

Monteiro esteve em Fortaleza, representando o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em visita ao IJF, onde acompanhou o andamento do S.O.S Emergências. Ele participou de reunião com a direção do hospital e representantes das secretarias estadual e municipal de saúde. Lá, foram conhecidos o diagnóstico das principais demandas do IJF e o plano de ação proposto pelo Núcleo de Acesso e Qualidade Hospitalar (NAQH), instituído naquela unidade.

Uma das diretrizes estabelecidas pelo plano de ação é a consolidação de parcerias com hospitais das redes pública e privada, para a oferta de leitos de retaguarda para o IJF. Atualmente estão firmados contratos com o Pronto Socorro dos Acidentados, no Dionísio Torres, que recebe pacientes traumatológicos, e com o Hospital Fernandes Távora, na Barra do Ceará, para o atendimento de pacientes neurológicos.

Os leitos do Hospital da Polícia Militar devem ser ofertados a partir de abril, para tratamento de traumato-ortopedia e cirurgias bucomaxilofaciais. A unidade será transformada para atendimentos de maior complexidade e os policiais militares que servem no hospital e que não são da área de saúde já estão sendo realocados.

“Se não sincronizarmos o que acontece dentro do IJF com o que acontece fora do IJF, não resolveremos o problema do atendimento nas emergências públicas. Se a rede hospitalar de retaguarda aumenta, os pacientes saem dos corredores”, afirmou Odorico Monteiro em reunião com o NAQH. O mais importante, segundo ele, é definir o projeto terapêutico do paciente e melhorar seu fluxo, após tirá-lo do risco de morte.

O secretário Odorico Monteiro ressaltou a importância das Unidades de Pronto Atendimento (Upas), que funcionam como unidades intermediárias entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os hospitais e ajudam a desafogar os prontos-socorros. A previsão é de que sejam inauguradas 22 Upas em todo o Ceará este ano, pelo menos seis delas ainda neste primeiro semestre, sendo três em Fortaleza. A capital deve ganhar ainda mais Upas até o fim de 2012.

Através do diálogo com unidades de saúde de outros municípios, também foi possível reduzir a internação de pacientes do interior do estado. Esses pacientes representam 32% dos pacientes nos corredores atualmente, mas já chegaram a ser 48%.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital