Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 03 > Saúde amplia em R$ 2,5 bi crédito para santas casas, hospitais e entidades filantrópicas

Saúde

Saúde amplia em R$ 2,5 bi crédito para santas casas, hospitais e entidades filantrópicas

por Portal Brasil publicado: 28/03/2012 22h01 última modificação: 29/07/2014 09h07

O Ministério da Saúde e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinaram, nesta quarta-feira (28), um termo aditivo a um protocolo já existente - que irá permitir a ampliação da linha de crédito de R$ 2 bilhões para R$ 2,5 bilhões - para santas casas, hospitais e entidades filantrópicas. O acordo também irá reduzir os juros e aumentar o prazo para o pagamento de crédito concedido a essas instituições de saúde, responsáveis por 19,23% do total de unidades de atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com o acordo, a taxa de juros foi reduzida de 13,5% para 10% ao ano. Além disso, o prazo para o pagamento foi estendido de 72 meses (6 anos) para 120 meses (10 anos).

“Este ato é uma prova do reconhecimento do governo e do Ministério da Saúde de que as santas casas e as instituições filantrópicas são fundamentais para o SUS, sendo responsáveis por quase a metade dos leitos disponibilizados pela rede pública”, afirmou o ministro Alexandre Padilha, que destacou o papel das instituições filantrópicas na formação de médicos, por meio dos programas de residência. “Medidas como essa contribuem para a recuperação da gestão e da modernização destas instituições”, acrescentou.  

O termo assinado permitirá ajustes em um protocolo estabelecido em 2010, que definia valores, taxas de juros e prazo para a linha de crédito para o Programa BNDES de Apoio a Instituições de Saúde (BNDES Saúde). A linha de crédito, que passou a operar em março de 2011, contempla duas vertentes: investimento e reestruturação de dívidas.

O objetivo do banco é fortalecer a capacidade de atendimento do SUS, no apoio a modernização da rede de instituições de saúde portadoras de Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social e a ampliação dos projetos de apoio ao desenvolvimento institucional.

Participaram da assinatura do acordo, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha; o diretor do BNDES, Julio César Maciel Ramundo; e membros da Frente Parlamentar de apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas na área de saúde.

Balanço

Em 2010, o Ministério da Saúde repassou R$ 6,6 bilhões para santas casas e hospitais filantrópicos em todo o Brasil. Os recursos foram aplicados no custeio de procedimentos ambulatoriais e hospitalares, incluindo exames, consultas e cirurgias. Esse valor representou um crescimento de 63,6% na destinação de recursos, em relação a 2004.

Além das entidades filantrópicas corresponderem a 19,23% dos hospitais brasileiros, elas também respondem por 28% do total de leitos hospitalares do País - 141,7 mil de 504,3 mil disponíveis. Dos leitos disponibilizados pelo SUS, 29,85% são ofertados pelos filantrópicos - 107,4 mil de um total de 359,9 mil.

Com relação ao número de internações, os filantrópicos representam 34,47% do volume. Em 2010, foram mais de quatro milhões internações em um universo de 11,6 mi. O atendimento ambulatorial nos filantrópicos representa 18,16% do total do País - 138,1 milhões.

Atualmente, existem 1.124 santas casas ou filantrópicas com certificações válidas e 2.348 requerimentos de concessão ou de renovação das autorizações.

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Saiba mais sobre a Saúde no Brasil

Conheça hospitais conveniados do Sistema Único de Saúde

Planos de saúde e beneficiários apostam em programas de qualidade de vida

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital