Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 04 > Bahia se prepara para integrar o programa Crack, é possível vencer

Saúde

Bahia se prepara para integrar o programa Crack, é possível vencer

por Portal Brasil publicado: 27/04/2012 12h06 última modificação: 29/07/2014 09h06

Técnicos do governo federal reuniram-se em Salvador, na quinta-feira (26), com as equipes da prefeitura e do governo do estado para discutir sobre as ações que vão integrar o programa federal Crack, É Possível Vencer.

Cursos de prevenção do uso de drogas para educadores atinge toda a comunidade escolar.

A reunião continua nesta sexta-feira (27) e contará com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e do governador do estado, Jacques Wagner. O encontro é fechado para a imprensa, mas haverá momento para registro de imagens e declaração do ministro.

Participam técnicos dos ministérios da Justiça, da Saúde, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, da Secretaria de Direitos Humanos e da Casa Civil, que  debaterão com as equipes do governo baiano e da prefeitura da capital as necessidades para a implantação do programa, que segue três eixos: prevenção, cuidado (tratamento) e autoridade (enfrentamento ao tráfico de drogas).

Lançado em dezembro passado pela presidenta Dilma Rousseff, o programa Crack, É Possível Vencer prevê o montante de R$ 4 bilhões em recursos federais, até 2014, para ações nos estados e municípios que assinarem o pacto de cooperação.

Já participam oficialmente do programa os estados de Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, e suas respectivas capitais.

 

Fonte:
Ministério da Justiça

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Naftali Emídio/Pref. do Cabo de Santo Agostinho

Governo digital