Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 04 > Bahia se prepara para integrar o programa Crack, é possível vencer

Saúde

Bahia se prepara para integrar o programa Crack, é possível vencer

por Portal Brasil publicado: 27/04/2012 12h06 última modificação: 29/07/2014 09h06

Técnicos do governo federal reuniram-se em Salvador, na quinta-feira (26), com as equipes da prefeitura e do governo do estado para discutir sobre as ações que vão integrar o programa federal Crack, É Possível Vencer.

Cursos de prevenção do uso de drogas para educadores atinge toda a comunidade escolar.

A reunião continua nesta sexta-feira (27) e contará com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e do governador do estado, Jacques Wagner. O encontro é fechado para a imprensa, mas haverá momento para registro de imagens e declaração do ministro.

Participam técnicos dos ministérios da Justiça, da Saúde, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, da Secretaria de Direitos Humanos e da Casa Civil, que  debaterão com as equipes do governo baiano e da prefeitura da capital as necessidades para a implantação do programa, que segue três eixos: prevenção, cuidado (tratamento) e autoridade (enfrentamento ao tráfico de drogas).

Lançado em dezembro passado pela presidenta Dilma Rousseff, o programa Crack, É Possível Vencer prevê o montante de R$ 4 bilhões em recursos federais, até 2014, para ações nos estados e municípios que assinarem o pacto de cooperação.

Já participam oficialmente do programa os estados de Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, e suas respectivas capitais.

 

Fonte:
Ministério da Justiça

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Anvisa propõe novo marco regulatório para os suplementos alimentares
Agência Nacional de Vigilância Sanitária propõe novo marco regulatório para garantir a segurança do consumidor
ANS anuncia novos procedimentos que planos de saúde deverão cobrir
Agência Nacional de Saúde inclui novo conjunto de exames, terapias e procedimentos ao ROL mínimo dos planos de saúde
Governo pretende imunizar 2,8 milhões contra a febre amarela em SP
Até o momento, nenhuma pessoa morreu por causa da doença no estado. Um dose da vacina é suficiente para proteger quem toma por toda a vida
Agência Nacional de Vigilância Sanitária propõe novo marco regulatório para garantir a segurança do consumidor
Anvisa propõe novo marco regulatório para os suplementos alimentares
Agência Nacional de Saúde inclui novo conjunto de exames, terapias e procedimentos ao ROL mínimo dos planos de saúde
ANS anuncia novos procedimentos que planos de saúde deverão cobrir
Até o momento, nenhuma pessoa morreu por causa da doença no estado. Um dose da vacina é suficiente para proteger quem toma por toda a vida
Governo pretende imunizar 2,8 milhões contra a febre amarela em SP

Últimas imagens

Redução é acompanhada do aumento das inciativas do Ministério da Saúde para intensificar os trabalhos de combate ao mosquito Aedes aegypti
Redução é acompanhada do aumento das inciativas do Ministério da Saúde para intensificar os trabalhos de combate ao mosquito Aedes aegypti
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Kits contêm 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos
Kits contêm 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos
Arquivo/EBC
Candidatos poderão escolher até quatro cidades de preferência e concorrer às vagas
Candidatos poderão escolher até quatro cidades de preferência e concorrer às vagas
Arquivo/EBC

Governo digital