Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 04 > Comitê Veterinário se reúne em cúpula do Mercosul para discutir sanidade animal

Saúde

Comitê Veterinário se reúne em cúpula do Mercosul para discutir sanidade animal

por Portal Brasil publicado: 19/04/2012 11h12 última modificação: 29/07/2014 09h06

O Brasil, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), participa da reunião do Comitê Veterinário Permanente do Mercosul (CVP), na Estação Quarentenária do Mapa na Ilha de Cananéia (EQC), em São Paulo até sexta-feira (20). A entidade é formada pelos cinco países do bloco: Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai e pela Bolívia e tem como objetivo fortalecer a sanidade animal da região. O CVP é presidido pelo diretor do Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério, Guilherme Marques, e contará nessa reunião com a presença do Secretario Executivo do Mapa, José Carlos Vaz. Além de dar as boas vindas a todos os integrantes do CVP, Vaz visitará as instalações da EQC e terá encontro com autoridades locais.

Durante a reunião, serão discutidos os desafios referentes às questões sanitárias da região como o da Peste Suína Clássica e a Febre Aftosa. A importância do fortalecimento dos serviços veterinários de todos os países também estará presente na pauta do grupo. O tema foi tratado na reunião da Comissão Agropecuária do Sul (CAS), formada por todos os ministros de estado dos países citados, que se reuniu recentemente nos dias 16 e 17 de abril, em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia. Representantes do Paraguai relataram os procedimentos que vem adotando para reestabelecer o status sanitário e fortalecer as ações para que novos focos de aftosa não voltem a ocorrer.

O Brasil tem metas ousadas e pretende reconhecer todo o território nacional como livre de febre aftosa com vacinação até o ano de 2013. Para o ministério é possível cumprir os desafios internos e ainda auxiliar os demais países do bloco, desde que os assuntos sanitários sejam enfrentados de forma regional.

 

Fonte:
Ministério da Agricultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões

Últimas imagens

A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Karina Zambrana/Ministério da Saúde
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital