Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 04 > Pneumonia

Saúde

Pneumonia

Vacinação ainda é a melhor maneira de prevenir a pneumonia
por Portal Brasil publicado: 17/04/2012 17h12 última modificação: 29/07/2014 09h06
Divulgação Inalação é uma das opções para o tratamento da pneumonia

Inalação é uma das opções para o tratamento da pneumonia

A pneumonia é uma reação inflamatória do pulmão a fatores que o agride, causada por vários microorganismos – os mais comuns, vírus e bactérias. Muitas vezes é provocada por causas desconhecidas ou por agentes nocivos inalados.

Outras vezes, de acordo com o médico pneumologista Alberto Cukier, do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo, a pneumonia pode aparecer como consequência do efeito de um medicamento. Por exemplo, quando o paciente toma antibiótico para infecção urinária, muito comum em idosos. Esse remédio provoca uma reação no organismo em forma de infecção no pulmão. 

“Cada vez mais vemos o número de efeitos adversos das drogas (medicamentos) como causa da doença. Cerca de 15% das pessoas internadas têm alguma reação aos remédios, por isso é importante não se automedicar”, esclarece.

A própria idade é um fator isolado de risco para pneumonia, pois com o avançar da idade o sistema imunológico de defesa também envelhece e enfraquece o combate.

Os principais sintomas são:

tosse;
expectoração com secreção amarelada (uma ou outra vez com sangue);
dor no tórax;
falta de ar;
febre.

Para caracterizar a doença, um ou vários desses sinais podem aparecer. Muitas vezes o idoso não apresenta os sintomas. Com o envelhecimento, existe uma menor capacidade do organismo de reagir aos ataques. Assim, explica o Alberto Cukier, a família precisa ficar atenta a qualquer alteração de comportamento do idoso, que pode ser pneumonia ou outras doenças. 

A infecção muitas vezes causa uma piora no estado neurológico, com deterioração do quadro mental. Muitos pacientes precisam de hospitalização, outros até de uma unidade de tratamento intensivo.

A coordenadora da Comissão de Infecção Respiratória da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, Dra. Mara Rúbia Fernandes de Figueiredo, explica que a família precisa ficar atenta à falta de apetite do idoso, sonolência e alteração do estado de consciência, como a desorientação. “O diagnóstico precoce reduz a mortalidade”, afirma.

A gripe é um agente que pode causar pneumonia e precisa ser tratada como doença. A melhor prevenção é vacinar o idoso contra as pneumonias causadas por vírus e alguns tipos de bactérias a partir dos 60 anos. As pessoas idosas também precisam evitar o contato com quem estiver gripado e ter uma alimentação e hidratação adequadas.

Só em 2010, 42.947 idosos morreram de pneumonia no Sistema Único de Saúde (SUS), de um total de 208. 302 internações em decorrência da doença, segundo o Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde.

A gravidade da doença depende da condição prévia de cada pessoa e de quanto o pulmão foi comprometido, além da virulência (capacidade do vírus ou bactéria de se multiplicar) do agente causador. “A mortalidade continua a existir por melhor que seja o tratamento, pois o idoso tem mais chance de ter doenças”, afirma Alberto Cukier.

Fontes: 
Ministério da Saúde
Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Associação Latino-Americana de Tórax

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Novo calendário de residência médica permitirá redução das vagas ociosas
A trajetória de estudo de um profissional de medicina inclui a fase de residência médica. Uma medida anunciada pelo governo federal visa reduzir o número de vagas ociosas para quem quer ingressar na carreira
Municípios de São Paulo receberão recursos para investir em saúde
O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta terça-feira (10). No mesmo dia, o estado de São Paulo recebeu novas ambulâncias para renovar a frota do Samu
Anvisa atualiza regras para rótulos de bronzeadores
Norma estabelece advertência de rotulagem específica para os ativadores/aceleradores de bronzeado
A trajetória de estudo de um profissional de medicina inclui a fase de residência médica. Uma medida anunciada pelo governo federal visa reduzir o número de vagas ociosas para quem quer ingressar na carreira
Novo calendário de residência médica permitirá redução das vagas ociosas
O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta terça-feira (10). No mesmo dia, o estado de São Paulo recebeu novas ambulâncias para renovar a frota do Samu
Municípios de São Paulo receberão recursos para investir em saúde
Norma estabelece advertência de rotulagem específica para os ativadores/aceleradores de bronzeado
Anvisa atualiza regras para rótulos de bronzeadores

Últimas imagens

Gasto federal com terapia renal tem evoluído percentualmente mais do que a quantidade realizada
Gasto federal com terapia renal tem evoluído percentualmente mais do que a quantidade realizada
Divulgação/Governo de Sergipe
Como a doença é considerada rara, Lynparza (olaparibe) teve sua análise priorizada pela Anvisa
Como a doença é considerada rara, Lynparza (olaparibe) teve sua análise priorizada pela Anvisa
Divulgação/Anvisa
A ocorrência de dependência com o uso do Mevatyl é improvável
A ocorrência de dependência com o uso do Mevatyl é improvável
Divulgação/Anvisa
Cartilha visa despertar olhar infantil para conhecimento sobre biologia e principais criadouros do mosquito
Cartilha visa despertar olhar infantil para conhecimento sobre biologia e principais criadouros do mosquito
Foto: Luiz Granzotto/Prefeitura de Campinas
Na arteterapia, a arte é usada como parte do processo terapêutico
Na arteterapia, a arte é usada como parte do processo terapêutico
Kássio Pereira/Governo do Paraná

Governo digital