Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 04 > Pneumonia

Saúde

Pneumonia

Vacinação ainda é a melhor maneira de prevenir a pneumonia
por Portal Brasil publicado: 17/04/2012 17h12 última modificação: 29/07/2014 09h06
Divulgação Inalação é uma das opções para o tratamento da pneumonia

Inalação é uma das opções para o tratamento da pneumonia

A pneumonia é uma reação inflamatória do pulmão a fatores que o agride, causada por vários microorganismos – os mais comuns, vírus e bactérias. Muitas vezes é provocada por causas desconhecidas ou por agentes nocivos inalados.

Outras vezes, de acordo com o médico pneumologista Alberto Cukier, do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo, a pneumonia pode aparecer como consequência do efeito de um medicamento. Por exemplo, quando o paciente toma antibiótico para infecção urinária, muito comum em idosos. Esse remédio provoca uma reação no organismo em forma de infecção no pulmão. 

“Cada vez mais vemos o número de efeitos adversos das drogas (medicamentos) como causa da doença. Cerca de 15% das pessoas internadas têm alguma reação aos remédios, por isso é importante não se automedicar”, esclarece.

A própria idade é um fator isolado de risco para pneumonia, pois com o avançar da idade o sistema imunológico de defesa também envelhece e enfraquece o combate.

Os principais sintomas são:

tosse;
expectoração com secreção amarelada (uma ou outra vez com sangue);
dor no tórax;
falta de ar;
febre.

Para caracterizar a doença, um ou vários desses sinais podem aparecer. Muitas vezes o idoso não apresenta os sintomas. Com o envelhecimento, existe uma menor capacidade do organismo de reagir aos ataques. Assim, explica o Alberto Cukier, a família precisa ficar atenta a qualquer alteração de comportamento do idoso, que pode ser pneumonia ou outras doenças. 

A infecção muitas vezes causa uma piora no estado neurológico, com deterioração do quadro mental. Muitos pacientes precisam de hospitalização, outros até de uma unidade de tratamento intensivo.

A coordenadora da Comissão de Infecção Respiratória da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, Dra. Mara Rúbia Fernandes de Figueiredo, explica que a família precisa ficar atenta à falta de apetite do idoso, sonolência e alteração do estado de consciência, como a desorientação. “O diagnóstico precoce reduz a mortalidade”, afirma.

A gripe é um agente que pode causar pneumonia e precisa ser tratada como doença. A melhor prevenção é vacinar o idoso contra as pneumonias causadas por vírus e alguns tipos de bactérias a partir dos 60 anos. As pessoas idosas também precisam evitar o contato com quem estiver gripado e ter uma alimentação e hidratação adequadas.

Só em 2010, 42.947 idosos morreram de pneumonia no Sistema Único de Saúde (SUS), de um total de 208. 302 internações em decorrência da doença, segundo o Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde.

A gravidade da doença depende da condição prévia de cada pessoa e de quanto o pulmão foi comprometido, além da virulência (capacidade do vírus ou bactéria de se multiplicar) do agente causador. “A mortalidade continua a existir por melhor que seja o tratamento, pois o idoso tem mais chance de ter doenças”, afirma Alberto Cukier.

Fontes: 
Ministério da Saúde
Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Associação Latino-Americana de Tórax

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Vacinação contra a gripe
Mais de 54 milhões de pessoas dos grupos prioritários devem ser vacinadas durante a campanha do Ministério da Saúde contra a gripe. A novidade deste ano é a inclusão dos professores das redes pública e privada no público-alvo
Projeto da Fiocruz usa bactéria para combater aedes aegypti
Projeto coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, usa uma bactéria encontrada na mosca da fruta para combater a dengue, zyka e chikungunya
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Mais de 54 milhões de pessoas dos grupos prioritários devem ser vacinadas durante a campanha do Ministério da Saúde contra a gripe. A novidade deste ano é a inclusão dos professores das redes pública e privada no público-alvo
Vacinação contra a gripe
Projeto coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, usa uma bactéria encontrada na mosca da fruta para combater a dengue, zyka e chikungunya
Projeto da Fiocruz usa bactéria para combater aedes aegypti

Últimas imagens

Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Ronaldo Lima/Prefeitura de Diadema (SP)
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Arquivo/EBC
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Arquivo/EBC
Veículos reforçam  assistência à saúde na região do Alto Rio Solimões, onde 95% do transporte é fluvial
Veículos reforçam assistência à saúde na região do Alto Rio Solimões, onde 95% do transporte é fluvial
Foto: Luís Oliveira/Ministério da Saúde

Governo digital