Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 04 > Saúde libera sistema de informatização em hospital do Rio

Saúde

Saúde libera sistema de informatização em hospital do Rio

por Portal Brasil publicado: 09/04/2012 15h12 última modificação: 29/07/2014 09h06

Prontuários, prescrições de remédios, exames, relatórios e outros documentos médicos serão informatizados, ainda este ano, na emergência do Hospital Municipal Miguel Couto, no Rio de Janeiro. O Ministério da Saúde liberou o uso de um sistema de gestão hospitalar computadorizado – o software ESUS – para todas as unidades atendidas pela ação SOS Emergências.

Já utilizado nos hospitais da Lagoa e de Ipanema, da rede federal, o software permitirá aos médicos acompanhar o paciente na emergência - com identificação imediata e individualizada, informações sobre consultas e diagnósticos anteriores, medicamentos usados e exames realizados - auxiliando no controle e acompanhamento da saúde do usuário e dando maior agilidade e qualidade no atendimento.

O sistema de gestão integrada também facilitará a marcação de exames, a prescrição de remédios e o agendamento de novas consultas. E o módulo de emergência fará o gerenciamento do ingresso do paciente pelo pronto-socorro, incluindo a classificação de risco e o monitoramento do tempo de espera pelo atendimento.

Já as ferramentas administrativas permitirão controle da dispensa e dos estoques de medicamentos e demais insumos, além do controle de despesas e relatórios operacionais, auxiliando nas tomadas de decisões gerenciais e evitando desperdícios. O ESUS facilitará ainda o acompanhamento de estatísticas e indicadores, como taxa de ocupação e giro de leito.

Além da liberação do uso e do apoio à implantação do sistema - prevista para ser iniciada este mês - o Hospital Miguel Couto já teve aprovado pelo Ministério da Saúde o projeto de R$ 200 mil para a aquisição de equipamentos de informática. Ao todo serão 64 computadores, além de impressoras, nobreaks e outros aparelhos para salas da emergência e setores de internação. Fichas, prontuários, prescrições e relatórios passarão assim a ser disponibilizados na rede interna para o acesso de médicos e enfermeiros responsáveis pelos pacientes de cada setor hospitalar, agilizando os processos e garantindo maior segurança das informações.

A rede

O SOS Emergências é uma ação estratégica do Ministério da Saúde, lançada em 2011 para qualificar e melhorar o atendimento das principais emergências que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ela integra a Rede Saúde Toda Hora e, além do Miguel Couto, foi implantada no Hospital Estadual Albert Schweitzer, também no Rio de Janeiro, e em mais nove unidades de grande porte localizados em oito capitais.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

 Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Divulgação/Governo do Rio Grande do Sul
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Foto: Gilson Abreu/Fiep
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Carla Cleto/Governo de Alagoas
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde

Governo digital