Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Autorizado concurso público que cria 500 vagas para o Ministério da Saúde

Saúde

Autorizado concurso público que cria 500 vagas para o Ministério da Saúde

por Portal Brasil publicado: 28/05/2012 12h28 última modificação: 29/07/2014 09h05

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a realização de concurso público para o cargo de analista técnico de políticas sociais da carreira de desenvolvimento de políticas sociais. A portaria nº 230 prevê a criação de 825 novas vagas, sendo 500 destinadas ao quadro de servidores do Ministério da Saúde.

A carreira de analista técnico de políticas sociais é prevista na Lei nº 12.094/ 2009. Segundo o texto, é função do profissional executar atividades de assistência técnica em projetos e programas nas áreas de saúde, previdência, emprego e renda, segurança pública, desenvolvimento urbano, segurança alimentar, assistência social, educação, cultura, cidadania, direitos humanos e proteção à infância, à juventude, ao portador de necessidades especiais, ao idoso e ao indígena.

De acordo com o decreto, a realização do concurso ficará a cargo da secretaria executiva do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão que será responsável por determinar as normas necessárias, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos. O texto estipula também o prazo para a publicação do edital de abertura do concurso, que deve acontecer em seis meses.

 

Interministerial

A edição do Diário Oficial da União publicou também a Portaria Interministerial nº 229 que determina que para ingressar no cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais da Carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais é necessário ter diploma de graduação em nível superior ou título de pós-graduação de especialização, mestrado ou doutorado nas habilitações de: saúde, gestão social, previdência, assistência social ou educação. As demais 325 vagas previstas no concurso serão distribuídas para 12 secretarias e ministérios.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital