Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Brasil compartilha em Genebra avanços da saúde na área de atenção básica

Saúde

Brasil compartilha em Genebra avanços da saúde na área de atenção básica

por Portal Brasil publicado: 23/05/2012 17h45 última modificação: 29/07/2014 09h05

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, apresentou nesta quarta-feira (23) as experiências do Brasil na gestão da atenção básica. A palestra, realizada no terceiro dia da 65ª Assembleia Mundial da Saúde promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), expôs o modelo brasileiro de assistência ativa por meio das Equipes de Saúde da Família (ESF). Na ocasião, China e Índia - países que integram o bloco dos Brics juntamente com Brasil, Rússia e África do Sul - também apresentaram seus progressos na área de assistência, com destaque para o acesso da população rural.

O secretário destacou os resultados positivos da adoção de um modelo ativo de atenção em que o sistema de saúde vai ao usuário. “Estudos mostraram que essa forma de acesso à atenção primária tem melhores resultados do que a forma mais tradicional de assistência - observou-se, por exemplo, a redução da mortalidade infantil e da hospitalização por doenças cardiovasculares e respiratórias”, pontuou Jarbas Barbosa.

Os dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) destacam que a mortalidade infantil no Brasil reduziu praticamente pela metade (47%) na última década. Em 2000, 29,7 a cada mil crianças nascidas vivas não completavam o primeiro ano de vida. Em 2010, o índice reduziu para 15,6 a cada mil. O Brasil já alcançou os índices de redução definidos pelas metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, acordo internacional que prevê uma taxa de mortalidade infantil de 15,7/1.000 nascidos vivos no País, para 2015, além de reforçar a política social que vem sendo conduzida pelo governo.

"O sucesso da estratégia Saúde da Família nos mostrou que essa é a melhor forma de dar à população brasileira acesso aos serviços de atenção primária. Por isso, tornou-se uma das prioridades do Ministério da Saúde consolidar este modelo junto às gestões municipais e estaduais, além de expandir a cobertura do programa" declarou o secretário.

Em 2003, o percentual de cobertura da população pelas equipes Saúde da Família era de 59,7%. E, desde 2010, o alcance supera os 100% da população alvo.

Qualidade

O Ministério da Saúde criou no ano passado o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (Pmaq), com objetivo de ampliar o acesso e melhorar o atendimento na atenção básica, garantindo aos serviços um padrão nacional de qualidade. O objetivo do programa, que integra a política Saúde Mais Perto de Você, é elevar os recursos para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) que cumprem metas na qualificação do trabalho das equipes de saúde para incentivar um atendimento de maior qualidade.

O secretário Jarbas Barbosa destacou a importância também de erradicar a oncocercose, doença infecciosa que atinge parte da população brasileira. Ressaltando a importância de uma atenção redobrada à população indígena. "Estamos dando uma atenção a mais para a população indígena, com destaque para os Yanomamis. Essa parcela da população é uma das mais vulneráveis a esta doença, explicou. Ele alega que o ministério está no caminho certo. “Estamos muito perto. É um desafio prioritário para o Brasil eliminar a circulação da oncocercose em seu território, bem como ajudar outros países a fazê-lo", completou secretário.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia. Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia.  Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia

Últimas imagens

Rótulos dos produtos divulgam falsas propriedades terapêuticas
Rótulos dos produtos divulgam falsas propriedades terapêuticas
Divulgação/EBC
Em 2016, os bancos de leite humano do País registraram mais de 300 atendimentos em grupos
Em 2016, os bancos de leite humano do País registraram mais de 300 atendimentos em grupos
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Cannabis não foi reconhecida como planta medicinal pela Anvisa
Cannabis não foi reconhecida como planta medicinal pela Anvisa
Reprodução/TV Brasil
O Into é responsável por 72,3% das cirurgias de alta e média complexidade feitas na capital
O Into é responsável por 72,3% das cirurgias de alta e média complexidade feitas na capital
Divulgação/Ministério da Saúde

Governo digital