Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Brasil e Canadá renovam cooperação na área de Saúde em Genebra

Saúde

Brasil e Canadá renovam cooperação na área de Saúde em Genebra

por Portal Brasil publicado: 21/05/2012 17h06 última modificação: 29/07/2014 09h05

Os ministérios da Saúde do Brasil e do Canadá firmaram na segunda-feira (21) um novo termo de cooperação técnica para colaboração mútua na área de saúde. O acordo prevê ações nas áreas de saúde indígena, no enfrentamento às doenças crônicas, preparação e resposta a situações de emergências e medidas como telemedicina e telessaúde.

O termo também prevê o controle, segurança e qualidade de produtos de saúde, alimentos e cosméticos. O acordo foi assinado em Genebra, na Suíça, onde se realiza a 65ª Assembleia Mundial de Saúde da Organização Mundial de Saúde (OMS), entre o ministro brasileiro, Alexandre Padilha, e a ministra do Canadá, Leona Aglukkaq.

“Brasil e Canadá têm em comum o desafio de ter sistemas públicos universais de saúde. Nosso desafio se torna mais complexo em razão do tamanho da população brasileira que é seis vezes maior do que a do Canadá, mas temos muito o que aprender com a experiência desse país” destacou Alexandre Padilha.

A ministra Leona Aglukkaq disse que o governo do Canadá considera o Brasil como um importante parceiro nas Américas. “Estou muito satisfeita em assinar nova cooperacão entre os dois países, pois vai agregar resultados a outras ações exitosas que fizemos em conjunto.

Ela também elogiou os acordos voluntários entre o Ministério da Saúde do Brasil e a indústria para a redução de sódio e gordura nos alimentos. O acordo foi firmado em 2011 e prevê a redução dos níveis de sal em alimentos como macarrão instantâneo, bisnaguinhas e salgadinhos prontos. Apenas com a redução prevista no pão francês, estima-se a retirada do mercado de 3.957 toneladas de sódio até 2014.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital