Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Brasil e Canadá renovam cooperação na área de Saúde em Genebra

Saúde

Brasil e Canadá renovam cooperação na área de Saúde em Genebra

por Portal Brasil publicado: 21/05/2012 17h06 última modificação: 29/07/2014 09h05

Os ministérios da Saúde do Brasil e do Canadá firmaram na segunda-feira (21) um novo termo de cooperação técnica para colaboração mútua na área de saúde. O acordo prevê ações nas áreas de saúde indígena, no enfrentamento às doenças crônicas, preparação e resposta a situações de emergências e medidas como telemedicina e telessaúde.

O termo também prevê o controle, segurança e qualidade de produtos de saúde, alimentos e cosméticos. O acordo foi assinado em Genebra, na Suíça, onde se realiza a 65ª Assembleia Mundial de Saúde da Organização Mundial de Saúde (OMS), entre o ministro brasileiro, Alexandre Padilha, e a ministra do Canadá, Leona Aglukkaq.

“Brasil e Canadá têm em comum o desafio de ter sistemas públicos universais de saúde. Nosso desafio se torna mais complexo em razão do tamanho da população brasileira que é seis vezes maior do que a do Canadá, mas temos muito o que aprender com a experiência desse país” destacou Alexandre Padilha.

A ministra Leona Aglukkaq disse que o governo do Canadá considera o Brasil como um importante parceiro nas Américas. “Estou muito satisfeita em assinar nova cooperacão entre os dois países, pois vai agregar resultados a outras ações exitosas que fizemos em conjunto.

Ela também elogiou os acordos voluntários entre o Ministério da Saúde do Brasil e a indústria para a redução de sódio e gordura nos alimentos. O acordo foi firmado em 2011 e prevê a redução dos níveis de sal em alimentos como macarrão instantâneo, bisnaguinhas e salgadinhos prontos. Apenas com a redução prevista no pão francês, estima-se a retirada do mercado de 3.957 toneladas de sódio até 2014.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital