Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > CNI quer parceria com Anvisa para aperfeiçoar normas de vigilância sanitária nas indústrias

Saúde

CNI quer parceria com Anvisa para aperfeiçoar normas de vigilância sanitária nas indústrias

por Portal Brasil publicado: 22/05/2012 16h03 última modificação: 29/07/2014 09h05

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) vai assinar em junho, com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), acordo visando ao trabalho conjunto para o aperfeiçoamento do cumprimento de regras na área da vigilância sanitária.

A diretora de Relações Institucionais da CNI, Mônica Messenberg, disse nesta segunda-feira (21) que a parceria vai ajudar na análise de impactos de novas normas adotadas pelos setores ligados à CNI.

Ela considera que a regulação "é importante para acompanhamento da qualidade e da competitividade na indústria visando aos impactos de normas sobre as estruturas de produção". “O tempo que leva para a avaliação de novos produtos e a prioridade da inovação para a sustentabilidade da indústria no mundo globalizado é um ponto que tem que ser considerado quando se fala em regulação", completou.

A CNI já está trabalhando ao lado de outras agências reguladoras em torno da questão, focando as demandas e preocupações do setor produtivo quanto à regulação. "Preocupa-nos que a regulação fique descolada da realidade da ponta, do impacto sobre as estruturas da produção local. Temos que atentar para o que é factível em termos de regulação, em quanto tempo devem ser atendidas as exigências, para que a relação do órgão fiscalizador e o fiscalizado seja menos repressiva e mais educativa", disse a diretora.

A regulação na área da vigilância sanitária é objeto de constante aperfeiçoamento em todos os grandes países. Na última sexta-feira (18), o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, participou em Genebra, na Suiça, de seminário que tratou da regulação sanitária no mundo e aperfeiçoamento do intercâmbio entre agências reguladoras. Participaram delegações de 50 países.

A Anvisa dispõe de banco de dados que permite ao público consultar, pela internet, informações sobre produtos de saúde, alimentos, remédios, saneantes, cosméticos e outros.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões

Últimas imagens

Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Marcos Santos/USP Imagens
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Ronaldo Lima/Prefeitura de Diadema (SP)
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Arquivo/EBC
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Arquivo/EBC

Governo digital