Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Diminuição de casos de dengue mostra que o Rio não vive mais epidemia

Saúde

Diminuição de casos de dengue mostra que o Rio não vive mais epidemia

por Portal Brasil publicado: 29/05/2012 11h29 última modificação: 29/07/2014 09h05

A tendência decrescente do número de doentes de dengue, a partir do mês de abril e início de maio, quando foram registrados 166,3 casos por 100 mil habitantes, descaracteriza a situação epidêmica na capital fluminense, disse o secretário de Saúde do município do Rio, Hans Dohmann. Segundo ele, o número acumulado da doença já chega a 82.680 casos. Desse total, 258 foram registrados na última semana.

Morte por dengue cai 80% em 4 meses de 2012

 

“Isso era esperado para essa época do ano. Conforme o período diurno vai diminuindo e a temperatura caindo, o normal é que haja um decréscimo. Foi isso que nós anunciamos em agosto do ano passado. A gente acertou na projeção da curva e, ela está se confirmando agora”, disse.

O secretário anunciou ainda que com o fim da epidemia, os 31 polos de atendimento devem ser desativados gradativamente, dependendo do grau de incidência de cada região. Ele ressaltou que até o final deste mês, os carros fumacê, que nebulizam com inseticida regiões da cidade, devem parar de circular no município. “A gente vai devagar desmobilizando o aparato que foi montado para o atendimento e, já vamos pensando no ano que vem, convidando a população para se manter atenta”.

Segundo o boletim semanal divulgado na segunda-feira (28) pela Secretaria Municipal de Saúde, 19 pessoas morreram em decorrência de dengue na cidade. Os bairros que mais registraram casos foram de Bangu, Realengo e Campo Grande, na zona oeste, com 103 notificações. Em seguida aparece a localidade de Madureira e região, com 43 casos.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital