Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Força Nacional vai acompanhar vacinação de gado em fazendas ocupadas por índios em MS

Saúde

Força Nacional vai acompanhar vacinação de gado em fazendas ocupadas por índios em MS

por Portal Brasil publicado: 18/05/2012 15h33 última modificação: 29/07/2014 09h05

A Força Nacional de Segurança e a Polícia Federal vão acompanhar a vacinação de gado contra febre aftosa nas fazendas ocupadas por índios na região oeste de Mato Grosso do Sul (MS), anunciou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, durante reunião com o governador do estado, André Puccinelli, e representantes do Ministério da Agricultura, da Fundação Nacional do Índio (Funai) e da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul).

Segundo Puccinelli, o procurador federal Flávio Chiarelli, da Procuradoria Federal Especializada na Funai, disse nesta quinta-feira (17),  que os índios assinaram um documento se comprometendo a permitir a entrada dos fazendeiros na área para fazer a vacinação. Ao todo, são 11 fazendas com um rebanho de aproximadamente 68 mil animais. O período de vacinação contra a febre aftosa na região teve início no dia 1º de maio e se estende até 15 de junho.

O governador disse que pediu a “atenção da União” para auxiliar na negociação com os “patrícios indígenas” após a vacinação, para que se estabeleça uma interlocução entre governo estadual e índios. Na semana passada, índios das etnias Guarani Kaiowá e Terena haviam bloqueado estradas no sul do estado.

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
SUS oferece tratamento para parar de fumar
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
SUS oferece tratamento para parar de fumar

Últimas imagens

Todos os dias, há 12 novas consultas de crianças e adolescentes com suspeita de doenças cardíacas no INC
Todos os dias, há 12 novas consultas de crianças e adolescentes com suspeita de doenças cardíacas no INC
Divulgação/INC
Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Divulgação/Governo de Goiás
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Arquivo/USP Imagens
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Divulgação/Ministério da Saúde
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
Antonio Cruz/Agência Brasil

Governo digital