Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Lançados programas que aumentam controle e qualidade dos pescados

Saúde

Lançados programas que aumentam controle e qualidade dos pescados

por Portal Brasil publicado: 09/05/2012 15h48 última modificação: 29/07/2014 09h05

A sanidade dos produtos e processos relacionados a peixes, crustáceos e moluscos será aprimorada no Brasil com o lançamento de dois novos instrumentos: o Programa Nacional de Controle Higiênico-Sanitário de Moluscos Bivalves (PNCMB) e a Rede Nacional de Laboratórios do Ministério da Pesca e Aquicultura (Renaqua).

A instrução normativa interministerial de criação do PNCMB foi assinada pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,  Mendes Ribeiro Filho, e pelo ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, na terça-feira (8), em Brasília. Na oportunidade, também foi firmada a portaria de designação dos laboratórios oficiais que, inicialmente, irão compor a Renaqua.

“Estamos dando prioridade a um pedido da presidenta Dilma, que é melhorar a qualidade do produto que chega à mesa dos brasileiros. Medidas como essas dão tranquilidade a todos, pois estamos cuidando daquilo que é produzido no nosso País”, destaca Mendes Ribeiro.

Com o maior controle sanitário, os consumidores de pescado terão a garantia de produtos mais saudáveis e de melhor qualidade, tanto produzidos no Brasil quanto importados. Toda a cadeia produtiva da pesca será beneficiada com o controle mais rígido, que permitirá a produção de alimentos mais seguros e certificados por padrões aceitos mundialmente.

O PNCMB irá monitorar toda a produção do setor destinada ao consumo humano. Caberá ao Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), o monitoramento e fiscalização das áreas de cultivo e extração de moluscos bivalves (ostras, mexilhões, vieras e berbigões, entre outros).

O ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) terá a atribuição de definir critérios higiênico-sanitários para o processamento industrial e inspecionar os estabelecimentos vinculados ao Serviço de Inspeção Federal (SIF). O programa entrará em vigor 30 dias após sua publicação no Diário Oficial da União, prevista para a próxima semana.

A Renaqua realizará diagnósticos e análises oficiais bem como o desenvolvimento contínuo de novas metodologias para exames de doenças, resíduos e contaminantes. A rede está sendo estruturada com padrões internacionais de qualidade laboratorial, estabelecidos pelo padrão ISO 17.025, e dará suporte aos programas sanitários do MPA.

No primeiro momento, quatro laboratórios de instituições públicas de pesquisa, ensino e extensão e de órgãos executores de defesa sanitário animal estaduais integrarão o sistema: da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc).

 

Fonte:
Ministério da Agricultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões

Últimas imagens

Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Karina Zambrana/Ministério da Saúde
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Governo digital