Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Mais de 12,2 milhões já foram vacinados contra a gripe

Saúde

Mais de 12,2 milhões já foram vacinados contra a gripe

por Portal Brasil publicado: 17/05/2012 21h02 última modificação: 29/07/2014 09h05

Balanço parcial da Campanha de Vacinação Contra a Gripe divulgado nesta quinta-feira (17) mostra que 12,2 milhões de pessoas em todo o País já estão imunizadas, o que representa 41% de cobertura vacinal. A campanha, que teve início em 5 de maio e segue até o dia 25 deste mês. Quem ainda não se vacinou pode procurar um dos postos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

A meta do Ministério da Saúde é vacinar 24,1 milhões de pessoas, ou seja, 80% do público alvo: pessoas com mais de 60 anos de idade, trabalhadores de saúde, crianças entre seis meses e menores de dois anos, gestantes e povos indígenas.

As crianças são as que apresentam o melhor percentual de cobertura até o momento. Mais de 2 milhões de crianças foram colocadas ao alcance da vacina, correspondendo a 48% do total de 4,3 milhões.

Os pais devem estar atentos para a vacinação dos filhos. Crianças vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses da vacina, com intervalo de 30 dias. Já crianças que receberam uma ou duas doses da vacina em 2011 deverão tomar apenas uma dose em 2012.

Entre as gestantes, a campanha já imunizou 808,7 mil, o que indica 37% de cobertura vacinal em relação ao público alvo 2,1 milhões de futuras mães. Também já procuraram os postos de saúde em busca da vacina mais de 8,3 milhões de idosos. Esse número representa 40% de cobertura vacinal. Ao todo, este público alvo chega a 20,5 milhões de pessoas.

Já a população indígena recebeu 159,9 mil doses da vacina. Neste grupo, a cobertura vacinal, até o momento, corresponde a 27% em relação à população total de 586,6 mil. Neste público, a vacinação ocorre nas aldeias onde eles vivem. Trata-se de uma população que habita em áreas remotas, de difícil acesso, e, por isso, os dados só são inseridos no sistema de informações depois que as equipes voltam das aldeias.

Os profissionais que se vacinaram somam 947,2 mil, correspondentes a 38% do total, de mais de 2,4 milhões de profissionais que atuam no atendimento aos doentes nas unidades de referências para o agravo. A ideia é preservar esta força de trabalho e, consequentemente, evitar a propagação da doença para a população de alto risco.

Os dados foram repassados ao Ministério da Saúde pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde e estão em constante alteração. À medida que estados e municípios incluam no sistema informações sobre doses já aplicadas, o percentual de cobertura nacional deverá aumentar.

 

Dados regionais

A região Sul concentra, proporcionalmente, a maior quantidade de pessoas que buscaram um posto de vacinação e se protegeram contra a gripe nas vésperas da chegada do inverno. Lá, foram aplicadas 2,1 milhão de doses, o que corresponde a 47% do público-alvo, que soma mais de 4,4 milhões.

Em seguida, aparece a região Centro-Oeste, onde 854,4 mil pessoas foram vacinadas, alcançando cobertura de 43% do público-alvo de 2 milhões. Na região Nordeste, 3,2 milhões de pessoas foram vacinadas, ou seja, 40% do total de 8,1 milhões.

Já no Sudeste, 5,1 milhões de pessoas receberam a dose da vacina contra a gripe, o que representa 39% de cobertura. A soma do público-alvo na região chega a 13,2 milhões de pessoas. Na região Norte, foram vacinadas 851,4 mil pessoas. O número corresponde a 38% do público-alvo, que é de 2,2 milhões de pessoas.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Erro
Ocorreu um erro enquanto renderizando o portlet.

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital