Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Ministério da Saúde autoriza melhorias no Samu de São Paulo e Goiás

Saúde

Ministério da Saúde autoriza melhorias no Samu de São Paulo e Goiás

por Portal Brasil publicado: 28/05/2012 17h19 última modificação: 29/07/2014 09h05

O Ministério da Saúde autorizou novos investimentos na rede Saúde Toda Hora, que articula e integra todos os equipamentos de saúde para ofertar à população o acesso mais humanizado e integral aos serviços de urgência e emergência.

Na sexta-feira (25), foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) portarias que habilitam repasse de custeio anual no valor de R$ 4,8 milhões para duas centrais de regulação médica e 19 ambulâncias. O ministério também destinou recursos de R$ 626 mil anuais, por meio de três portarias, para construção, reforma, aquisição de materiais, mobiliário e equipamentos de tecnologia para três centrais de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) nos estados de São Paulo e Goiás.

Em São Paulo, a Central Regional de Regulação das Urgências de São João da Boa Vista, receberá custeio anual de R$ 588 mil. Além disso, três Unidades de Suporte Avançado (USA) e nove Unidades de Suporte Básico (USB) foram habilitadas a receber custeio anual de R$ 330 mil e R$ 150 mil, respectivamente. A Central de São João da Boa Vista é composta pelos municípios de Espírito Santo do Pinhal, Mococa, Santa Cruz das Palmeiras, Tambaú, Casa Branca, Vargem Grande do Sul, São José do Rio Pardo e São João da Boa Vista. Essa central atenderá a população de 369.590 habitantes de oito municípios.

Já a Central Regional Baixa Mogiana, localizada no município de Mogi Guaçú, foi habilitada a receber recursos de R$ 360 mil ao ano. Também foram habilitadas três USA e quatro USB para os municípios de Mogi Guaçú, Estiva Gerbi, Itapira e Mogi Mirim, que fazem parte desta central. A cobertura do Samu atinge 303,3 mil habitantes.

Para Ribeirão Preto, o Ministério da Saúde autorizou repasse de R$ 290 mil para construção, aquisição de materiais, mobiliário e equipamentos de informática e rede para o Samu da Central Regional do município. Serão R$ 150 mil para a construção da Central de Regulação, R$ 29 mil para aquisição de materiais e mobiliários e R$ 110 mil para os equipamentos de tecnologia. Essa central atenderá 1,3 milhão de pessoas de 25 municípios.

No município de Suzano, serão destinados recursos de R$ 124 mil para aquisição de mobiliário e equipamento de tecnologia da Central Regional de Suzano. Do total de R$ 102 mil serão usados para compra de equipamentos e R$ 22 mil para materiais e mobiliários. A central tem cobertura de 368,4 mil habitantes.

No estado de Goiás, também haverá repasse de recursos ao município de Itaporá, para reforma, aquisição de materiais e mobiliário e equipamentos de tecnologia da Central Regional do Samu. Serão destinados R$ 212 mil, dos quais R$ 100 mil servirão para a reforma da central de regulação, R$ 16 mil serão utilizados na compra de materiais e de mobiliário, e R$ 96 mil serão utilizados para aquisição de equipamentos de tecnologia. A população atendida pela Central Regional de Itaporá é superior a 220 mil habitantes.

Atendimento em rede

A Rede de Urgências é pensada de forma integrada e coloca à disposição da população serviços mais próximos de sua residência. Com as Centrais de Regulação Médica das Urgências do Samu 192, o Ministério da Saúde trabalha na organização da estrutura disponível.

Ao discar 192, o cidadão estará ligando para uma central de regulação que conta com profissionais de saúde e médicos treinados para dar orientações de primeiros socorros por telefone. São estes profissionais que definem o tipo de atendimento, unidade móvel e equipe adequada a cada caso.

A Unidade de Suporte Básico (USB) é um veículo destinado ao transporte inter-hospitalar de pacientes com risco de vida conhecido e ao atendimento pré-hospitalar de pacientes com risco de vida desconhecido, não classificado com potencial de necessitar de intervenção médica no local ou durante transporte até o serviço de destino.

Já a Unidade de Suporte Avançado (USA) é um veículo destinado ao atendimento e transporte de pacientes de alto risco em emergências pré-hospitalares e de transporte inter-hospitalar que necessitam de cuidados médicos intensivos. Deve contar com os equipamentos médicos necessários para esta função.

O Samu 192 atende o paciente onde ele estiver (na residência, no local de trabalho e na via pública). A equipe treinada, presta atendimento no menor tempo possível, salvando vidas e diminuindo sequelas.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões

Últimas imagens

Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Marcos Santos/USP Imagens
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Ronaldo Lima/Prefeitura de Diadema (SP)
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Arquivo/EBC
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Arquivo/EBC

Governo digital