Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Municípios têm até esta sexta-feira (11) para pedirem profissionais de atenção básica em saúde

Saúde

Municípios têm até esta sexta-feira (11) para pedirem profissionais de atenção básica em saúde

por Portal Brasil publicado: 08/05/2012 14h45 última modificação: 29/07/2014 09h05

Os gestores municipais tem até próxima sexta-feira (11) para acessar o site  e confirmar o interesse em receber trabalhadores bolsistas do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab). Além da confirmação, os gestores também devem preencher o termo de compromisso com o Ministério da Saúde. O profissional de saúde estará na atenção básica durante doze meses e receberá bolsa no valor de R$ 2.384,82 custeada pelo Ministério da Saúde.

Provab: médicos, enfermeiros e dentistas terão bolsa anual de R$ 2, 3 mil para qualificação

Lançado em dezembro do ano passado, o Provab cria incentivos para médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas atuarem na atenção básica nos municípios com carência de profissionais em áreas de extrema pobreza e periferias das regiões metropolitanas. O objetivo é consolidar a integração ensino-serviço-comunidade e a educação pelo trabalho, a fim de aumentar a qualidade do serviço de saúde e desenvolver o provimento e a fixação de profissionais de saúde em áreas prioritárias.

A confirmação de interesse feita pelo gestor público é o passo inicial para a efetividade do Programa, já que é através dessa indicação que é feita a distribuição dos profissionais selecionados no Provab. “Dependemos dessa indicação para distribuir com maior efetividade os trabalhadores bolsistas”, enfatiza a diretora de Gestão da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mônica Sampaio.

Os trabalhadores bolsistas participarão de um curso de especialização com programa voltado à gestão e assistência na atenção básica, com tutoria à distância definida por instituições de ensino superior integrantes do Sistema UNA-SUS. “A atenção básica é responsável pela resolução de 80% dos problemas de saúde do brasileiro, por isso, é importante investir e melhorar o padrão de qualidade da assistência oferecida aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)”, explica a diretora.

Inscrição

A partir do dia 16 e até 23 de maio, o profissional de saúde, já selecionado pelo Provab, deverá acessar o site , por meio da Plataforma Arouca, se inscrever para as vagas já indicadas pelos gestores públicos. As vagas serão distribuídas entre as instituições de ensino superior definidas para oferecer o curso de especialização e integrantes do Sistema UNA-SUS.

Para ter direito à bolsa mensal paga pelo Ministério da Saúde, o profissional não poderá: ter sido contratado pelos municípios participantes do Provab; ter vínculo empregatício com a atenção básica; completar, substituir ou compor equipes já atuantes no município. Ele terá, ainda, que cumprir, semanalmente, oito horas em atividades acadêmicas e 32 horas em atividades práticas nas unidades básicas de saúde e na gestão da atenção básica do SUS no município. A bolsa será concedida no prazo improrrogável de 12 meses, contados a partir da data de matrícula no curso de especialização.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital