Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 05 > Quem não se vacinou ainda pode procurar posto de saúde até esta sexta-feira (1o)

Saúde

Quem não se vacinou ainda pode procurar posto de saúde até esta sexta-feira (1o)

por Portal Brasil publicado: 28/05/2012 18h15 última modificação: 29/07/2014 09h05

A 14ª Campanha de Vacinação Contra a Gripe prossegue até sexta-feira (1). Quem ainda não se vacinou, deve procurar um dos 34 mil postos de saúde espalhados por todo o País. Até a manhã desta segunda-feira, foram vacinadas quase 18,7 milhões de pessoas, o que representa 61,9% do público-alvo. A meta é proteger 24,1 milhões de integrantes deste grupo, que é formado por idosos a partir de 60 anos de idade, gestantes, população indígena, crianças entre seis meses e dois anos de idade e trabalhadores de saúde. O número representa 80% do público, considerado prioritário por ser vulnerável a desenvolver a forma mais grave da doença.

Desde 2004, Brasil tem calendários obrigatórios de vacinação

 

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina contra a gripe é segura e protege contra os três vírus que mais circularam no Brasil e hemisfério Sul, entre eles o da influenza A (H1N1). O ministério distribuiu aos estados e ao Distrito Federal, 31,1 milhões de doses da vacina e repassou R$ 24,7 milhões, por meio do Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos fundos estaduais e municipais, para custear a infraestrutura das campanhas.

 

Quem mais se vacinou

A campanha deste ano tem como lema “Proteger é Cuidar”. A melhor adesão, até o momento, continua sendo das crianças, com 68,5% de cobertura, o que significa que 2,9 milhões de vacinados. Na sequência, os trabalhadores de saúde respondem pela segunda maior adesão. Mais de 1,7 milhão de profissionais já se protegeram contra a gripe, correspondente ao percentual de 67,8%.

Os idosos alcançaram cobertura de 61,3%, representando 12,6 milhões de pessoas a partir dos 60 anos de idade vacinadas. Já as gestantes atingiram a marca de 55,1%, o que representa quase 1,2 milhão de vacinadas. A população indígena respondeu pelo percentual de cobertura de 50,3%, correspondendo a 294,8 mil pessoas. 

A vacina contra a gripe é a melhor estratégia disponível para a prevenção da influenza e suas consequências. Entre os adultos saudáveis, pode prevenir em até 90% os casos de gripe. Já entre os idosos, a vacina pode diminuir as doenças graves em até 60% e as mortes em até 80%. A vacinação reduz, ainda, entre 32% e 45% as hospitalizações, por pneumonias, e de 39% a 75% a mortalidade.

Para a coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, Carla Domingues, é preciso que a população se conscientize sobre a importância da vacinação. “Como a vacina demora, em média, 15 dias para fazer efeito, as pessoas devem procurar um posto de saúde o mais breve possível”, aconselha a coordenadora, lembrando que “as temperaturas ainda vão cair, o que propicia uma maior circulação do vírus da influenza”. 

Inicialmente, a campanha de vacinação terminaria na última sexta-feira (25), mas foi prorrogada em uma semana. A ideia é ampliar o prazo para que mais pessoas possam se proteger contar a gripe.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

 Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Divulgação/Governo do Rio Grande do Sul
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Foto: Gilson Abreu/Fiep
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Carla Cleto/Governo de Alagoas
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde

Governo digital