Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 06 > Brasil desenvolve e passa a produzir vacina contra esquistossomose

Saúde

Brasil desenvolve e passa a produzir vacina contra esquistossomose

por Portal Brasil publicado: 12/06/2012 17h19 última modificação: 29/07/2014 09h04

Fundação Oswaldo Cruz promete imunização mundial em até cinco anos

 

O Brasil criou e vai produzir a vacina contra esquistossomose, doença crônica causada pelo parasita Schistosoma, anunciou nesta terça-feira (12) a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Estima-se que a doença afete 200 milhões de pessoas em áreas pobres no Brasil, e até 800 milhões de pessoas possa estar expostas ao contágio somando os países africanos e da América Central.

A esquistossomose é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a segunda doença parasitária mais devastadora, atrás apenas da malária. Para a chefe do Laboratório Esquistossomose Experimental da Fiocruz, Miriam Tendler, em até cinco anos, é possível imunizar toda população dos locais onde ocorre a endemia.

O anúncio feito nesta segunda-feira (11)é relativo à fase de testes de segurança e eficácia da vacina, exigidos antes da liberação para produção em grande escala. Vinte voluntários participaram dos testes no Brasil e confirmaram os testes antes feitos em outros mamíferos. A partir da comprovação da segurança, serão feitos teste em larga escala no Brasil e na África.

As pesquisas para produção da vacina contra esquistossomose começaram em 1975, na Fundação Osvaldo Cruz. Depois de identificado o princípio ativo com efeito farmacológico contra o parasita, cientistas brasileiros identificaram proteína presente em outros parasitas, o que possibilita a produção de vacina polivalente, que poderá servir até para gado de corte. A primeira patente foi depositada na década de 1990, e, nos anos 2000, criou-se um modelo de negócio para industrialização da vacina.

 

Leia mais:

Eliminação da Esquistossomose é o novo desafio da OMS

Saúde reforça combate a doenças negligenciadas, como hanseníase e esquistossomose

Brasil Sem Miséria vai combater doenças que atacam pessoas em extrema pobreza

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia. Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia.  Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia

Últimas imagens

Glaucoma não tem cura, mas pode ser controlado com colírios ou cirurgia
Glaucoma não tem cura, mas pode ser controlado com colírios ou cirurgia
Divulgação/Governo do Espírito Santo
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
Divulgação/Ministério da Saúde
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Arquivo/Agência Brasil
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Divulgação/Ministério da Saúde

Governo digital