Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 06 > Governo amplia parcerias para fortalecer Rede Cegonha

Saúde

Governo amplia parcerias para fortalecer Rede Cegonha

por Portal Brasil publicado: 13/06/2012 16h26 última modificação: 29/07/2014 09h04

Objetivo é custear unidades de saúde e viabilizar a continuidade do atendimento

 

O governo federal quer ampliar a parceria entre estados e municípios para garantir o fortalecimento do Rede Cegonha, programa de atenção a gestantes e bebês. O objetivo é custear unidades de saúde e viabilizar a continuidade do atendimento.

A presidenta Dilma Rousseff disse que a iniciativa é uma das prioridades de seu governo. “Um país tem de ser medido por alguns métodos. Eu não sou daquelas pessoas que acham que não tem importância o Produto Interno Bruto (PIB). Tem sim, é uma das referências. Mas eu acredito que, entre essas referências, uma delas deve se destacar para todos nós, que é o que este País está fazendo para as mães e para as crianças”, avaliou.

Durante uma visita em Minas Gerais, Dilma e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciaram um acréscimo de R$14,2 milhões nos recursos do Programa Rede Cegonha no estado. E mais R$ 88,3 milhões para construção e ampliação de unidades básicas de Saúde (UBS) e unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) serão investidos na região.

Os recursos deverão financiar a construção de sete novas UPAs, a ampliação de outras 19 e a reforma de 462 UBS em Minas, de acordo com o Ministério da Saúde.

 

Leia mais:

Atitudes positivas na gestação garantem gravidez saudável

Rede Cegonha reduz mortalidade materna em 21% no 1º ano do programa, diz Saúde

Exames realizados na gestação evitam problemas de saúde

Brasil está entre os dez países com o maior número de partos prematuros, aponta OMS

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Acordo entre governo e indústria reduziu 17 mil toneladas de sódio nos alimentos
Novo acordo pretende reduzir mais 11 mil toneladas da substância nos alimentos mais consumidos no País
Médicos destacam importância dos transplantes
Profissionais contam sobre os bastidores dos transplantes realizados no Brasil
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue
Novo acordo pretende reduzir mais 11 mil toneladas da substância nos alimentos mais consumidos no País
Acordo entre governo e indústria reduziu 17 mil toneladas de sódio nos alimentos
Profissionais contam sobre os bastidores dos transplantes realizados no Brasil
Médicos destacam importância dos transplantes

Últimas imagens

Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Foto: Sergio Amaral/MDS
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
J. Freitas/Agência Brasil
Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação
Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação
Divulgação/Ministério da Saúde
Doença afeta entre 10% a 25% da população adulta, segundo a Anvisa
Doença afeta entre 10% a 25% da população adulta, segundo a Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
O brasileiro ingere 12 gramas de sódio por dia, mais que o dobro do sugerido pela Organização Mundial da Saúde
O brasileiro ingere 12 gramas de sódio por dia, mais que o dobro do sugerido pela Organização Mundial da Saúde
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital