Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 06 > Justiça libera R$ 375 mil para financiar projetos de pesquisa e extensão sobre drogas

Saúde

Justiça libera R$ 375 mil para financiar projetos de pesquisa e extensão sobre drogas

por Portal Brasil publicado: 08/06/2012 11h18 última modificação: 29/07/2014 09h04

A proposta é da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e do Ministério da Justiça

O governo federal vai financiar pesquisas e projetos de extensão dos 49 Centros Regionais de Referência em crack e outras drogas (CRR) em funcionamento no Brasil. As propostas devem ser desenvolvidas abordando os seguintes temas: medidas socioeducativas; métodos de treinamento de equipes de saúde e assistência social; prevenção, tratamento e/ou reinserção social de usuários de crack e outras drogas.

As selecionadas serão financiadas com até R$ 15 mil cada. A proposta é da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça, e da Associação Mário Tannhauser de Ensino, Pesquisa e Assistência (Amtepa).

O valor global do edital é de R$ 375 mil, proveniente de uma de cooperação entre a Senad e o Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT) de Portugal, por meio do projeto Rede de Pesquisa sobre Drogas, que tem por objetivo reunir pesquisadores e apoiar as pesquisas desenvolvidas sobre o tema no Brasil.

Podem se inscrever professores de instituições de ensino superior públicas, vinculados a Centros Regionais de Referência em crack e outras drogas, que estejam cadastrados na Rede de Pesquisa sobre Drogas da Senad, até o dia 29 de junho, e tiverem na equipe de execução do projeto pelo menos um aluno do Centro Regional de Referência.

A implantação dos CRRs faz parte do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack, de 2010, e foi ampliada pelo programa “Crack, é possível vencer”, lançado pela Presidenta Dilma Rousseff em 2011. Até 2014, a previsão é de que haja 65 CRRs em atividade em todo País.

Maiores informações do edital na página do Ministério da Justiça

Leia mais:

Consumo do crack causa impactos na família

Senad investe R$ 375 mil em projetos de pesquisa sobre drogas

Conheça as verdades e mitos do uso do crack

Fonte:
Ministério da Justiça

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital