Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 06 > Rede de urgências do Paraná receberá R$ 159 milhões para qualificar atendimento

Saúde

Rede de urgências do Paraná receberá R$ 159 milhões para qualificar atendimento

por Portal Brasil publicado: 26/06/2012 19h32 última modificação: 29/07/2014 09h04

O Ministério da Saúde informou, nessa segunda-feira (25), que a região metropolitana de Curitiba receberá R$ 159,5 milhões para o fortalecimento da rede de urgências, beneficiando 27 cidades paranaenses. O objetivo da medida é potencializar a organização da rede de urgência para gerar impactos positivos no atendimento à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os recursos estão garantidos pela Portaria nº 1287, que aprova a primeira etapa do Plano de Ação da Rede de Atenção às Urgências do Estado do Paraná e municípios paranaenses. Os valores estabelecidos para o repasse serão incorporados ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade do estado e dos municípios. As ações custeadas pelo recurso devem ser antes discutidas e pactuadas na Comissão Bipartite (CIB), que reúne gestores do estado e dos municípios.

Com o novo recurso assegurado pelo Ministério da Saúde, estado e municípios paranaenses devem melhorar a manutenção de diversas ações, como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), a habilitação e qualificação de Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h), salas de estabilização e atenção domiciliar, além de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Unidade de Terapia Intensiva Coronariana (UCO).

No último sábado (23), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou outra portaria, que aprova a primeira etapa do Plano de Ação da Rede de Atenção às Urgências do Rio Grande do Sul. No ato da assinatura da portaria, em Canoas (RS).

Leia mais:

Municípios gaúchos receberão R$ 318,8 milhões para aprimorar rede de urgência

Fonte:

Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Projeto da Fiocruz usa bactéria para combater aedes aegypti
Projeto coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, usa uma bactéria encontrada na mosca da fruta para combater a dengue, zyka e chikungunya
Obesidade atinge 1 em cada 5 brasileiros, revela pesquisa
Mais da metade da população está com peso acima do recomendado e quase um quinto dos brasileiros está obeso. Os dados são do Ministério da Saúde
Concurso elege melhores receitas voltadas à alimentação escolar
A qualidade da merenda escolar influencia diretamente na aprendizagem em sala de aula. Diante disso, um concurso está incentivando merendeiras a fazerem receitas mais saudáveis e gostosas para os alunos
Projeto coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, usa uma bactéria encontrada na mosca da fruta para combater a dengue, zyka e chikungunya
Projeto da Fiocruz usa bactéria para combater aedes aegypti
Mais da metade da população está com peso acima do recomendado e quase um quinto dos brasileiros está obeso. Os dados são do Ministério da Saúde
Obesidade atinge 1 em cada 5 brasileiros, revela pesquisa
A qualidade da merenda escolar  influencia diretamente na aprendizagem em sala de aula. Diante disso, um concurso está incentivando merendeiras a fazerem receitas mais saudáveis e gostosas para os alunos
Concurso elege melhores receitas voltadas à alimentação escolar

Últimas imagens

Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Arquivo/EBC
Veículos reforçam  assistência à saúde na região do Alto Rio Solimões, onde 95% do transporte é fluvial
Veículos reforçam assistência à saúde na região do Alto Rio Solimões, onde 95% do transporte é fluvial
Foto: Luís Oliveira/Ministério da Saúde
Pesquisa entrevistou 53,2 mil pessoas maiores de 18 anos das capitais brasileiras
Pesquisa entrevistou 53,2 mil pessoas maiores de 18 anos das capitais brasileiras
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Cerca de 2,3 milhões de professores em todo o País poderão se vacinar contra a gripe nos dias 2 e 3 de maio
Cerca de 2,3 milhões de professores em todo o País poderão se vacinar contra a gripe nos dias 2 e 3 de maio
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Medida foi motivada por notificação encaminhada pelo Ministério da Agricultura à Anvisa
Medida foi motivada por notificação encaminhada pelo Ministério da Agricultura à Anvisa
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Governo digital