Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 06 > Saúde libera R$ 26,8 milhões para Samu e UPAs em seis estados

Saúde

Saúde libera R$ 26,8 milhões para Samu e UPAs em seis estados

por Portal Brasil publicado: 05/06/2012 20h01 última modificação: 29/07/2014 09h04

O Ministério da Saúde autorizou novos investimentos na rede Saúde Toda Hora, que oferta à população o acesso integral aos serviços de urgência e emergência. Portarias, publicadas no Diário Oficial da União, habilitam repasse de custeio anual no valor de R$ 4,3 milhões para duas centrais de regulação médica e 18 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Paraíba. Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) dos estados de Pernambuco e Ceará também receberão um incremento financeiro de R$ 22,5 milhões.  

Em São Paulo, a Central Regional de Regulação das Urgências do município de Bragança Paulista, receberá custeio anual de R$ 588 mil. O município ainda terá repasse anual de R$ 330 mil e R$ 150 mil, respectivamente, para uma Unidade de Suporte Avançado (USA) e duas Unidades de Suporte Básico (USB).

A Unidade de Suporte Básico (USB) é um veículo destinado ao transporte inter-hospitalar de pacientes sem necessidade de intervenção médica no local ou durante transporte até o serviço de destino. Já a Unidade de Suporte Avançado (USA) é um para pacientes de alto risco que necessitam de cuidados médicos intensivos.

O município Atibaia terá recursos para custear uma USA e uma USB, e os municípios de Bom Jesus dos Perdões, Joanópolis, Pedra Bela, Piracaia, Tuiutí e Vargem também receberão repasses para custeio de uma USB em cada. No total, estão sendo investidos R$ 2,5 milhões na área da saúde do estado de São Paulo.

Confira os demais recursos por estado e municípios

 

Fonte:

Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para  a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para   municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital