Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 06 > UPAs da Amazônia Legal receberão 30% a mais de recursos por mês

Saúde

UPAs da Amazônia Legal receberão 30% a mais de recursos por mês

por Portal Brasil publicado: 11/06/2012 19h27 última modificação: 29/07/2014 09h04
Portal Brasil/Divulgação UPAs são responsáveis pelo primeiro atendimento de emergência na rede do SUS

UPAs são responsáveis pelo primeiro atendimento de emergência na rede do SUS

Ministério da Saúde também simplifica a documentação para tornar mais ágil a construção de unidades

As Unidades de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h) localizadas em municípios  da Amazônia Legal terão um reajuste de 30% no repasse mensal de verbas do Ministério da Saúde.  A medida tem como objetivo agilizar a construção de algumas unidades e auxiliar no custeio de outras. As UPAs são responsáveis pelo primeiro atendimento de emergência na rede do Sistema Único de Saúde (SUS).

Hoje, o Brasil conta com 191 UPAs em funcionamento e outras 646 estão em construção. Na região da Amazônia Legal há 83 unidades habilitadas ou em criação. Novas normas publicadas no Diário Oficial nesta segunda-feira (11) também redefinem os prazos para pagamentos de cada parcela de investimento e o início de funcionamento da UPA.

 

O Ministério da Saúde repassa o valor para construção destas unidades e para a compra de equipamentos de acordo com o porte de cada UPA, variando de R$ 1,4 milhão a 2,6 milhões. Os recursos de investimento serão em três parcelas pelo Fundo Nacional de Saúde aos fundos estaduais e municipais.

A primeira parcela, equivalente a 10% do valor total aprovado, será repassada com a publicação da portaria que autoriza a construção ou ampliação da UPA 24h. A segunda, de 80%, será repassada quando a secretaria municipal ou estadual de saúde apresentar toda a documentação referente à segunda fase, incluindo o projeto arquitetônico - tudo isso com o aval da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), do Ministério da Saúde.  E a terceira, de 10%, quando for comprovada a conclusão da obra.

“Espera-se que esse adicional de 30%, dentre outros avanços, proporcione melhor fixação das equipes das UPA 24h em locais distantes na Região Amazônica. As medidas também simplificam a documentação a ser apresentada, o que tornará mais ágil a autorização da UPA 24h e a liberação de recursos”, afirma o coordenador-geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde, Paulo de Tarso Abrahão. 

Leia mais:

Localize aqui as Unidades de Pronto Atendimento em funcionamento no Brasil

Saúde libera R$ 26,8 milhões para Samu e UPAs em seis estados

Saúde libera R$ 22,7 milhões para Samu e Unidades de Pronto Atendimento

 

Fonte:

Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital