Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 07 > Criada comissão para melhorar procedimentos de inspeção animal

Saúde

Criada comissão para melhorar procedimentos de inspeção animal

por Portal Brasil publicado: 11/07/2012 17h36 última modificação: 29/07/2014 09h04

Especialistas irão oferecer suporte para elaboração de propostas que visam proteger a saúde dos consumidores

Foi criada na última segunda-feira (9) a Comissão Científica Consultiva em Patologia Animal. O grupo fornecerá informações científicas de alto nível aos dirigentes do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), que poderão tomar decisões apropriadas e tecnicamente fundamentadas para aperfeiçoar os procedimentos de inspeção antes e após a morte dos animais de abate. A decisão foi oficializada pela Portaria nº 79/2012, publicada no Diário Oficial da União.

As recomendações também irão aprimorar os critérios de julgamento e destinação de carcaças dos animais abatidos pelos fiscais federais agropecuários nos estabelecimentos, sob Serviço de Inspeção Federal (SIF), visando proteger a saúde da população brasileira.

“Este suporte científico também auxiliará na adoção das medidas sanitariamente adequadas relacionadas à destinação de carcaças de animais acometidos por doenças emergentes e não previstas na legislação, além de fornecer subsídios para atualização das normas, quando necessário”, salienta o diretor do Dipoa, Luiz Carlos de Oliveira.

A criação da comissão possibilitará ao departamento adotar as diretrizes recomendadas pelo Codex Alimentarius para análise de risco, onde preconiza que a equipe envolvida com a parte técnico-científica seja composta por especialistas e independente da parte de gestão do risco. O grupo será formado por um coordenador e cinco membros com conhecimento nas áreas de ruminantes, equídeos, suídeos, aves ou pescados.


Cooperação em vigilância sanitária

Recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Instituto Federal de Avaliação de Risco (BfR), da Alemanha, assinaram memorando para ampliar a colaboração entre as instituições utilizando a investigação científica em favor da proteção da população nos dois países.

O BfR é uma agência científica independente responsável pela elaboração de relatórios sobre a segurança alimentar humana e animal, e sobre a segurança de substâncias e produtos. O instituto responde ao Ministério Federal da Alimentação, Agricultura e Defesa do Consumidor (Bmelv).

As informações trocadas são confidenciais e não de domínio público. Nesses casos, os dados serão compartilhados em uma base segura e de acordo com as leis aplicáveis. Cada país deverá manter a confidencialidade e evitar a divulgação dos documentos para fins não estabelecidos no memorando.

Leia mais:

Agricultura lança projeto de erradicação de doenças

Ministério aumenta controle em produtos de origem animal

Brasil conquista status de risco insignificante para doença da vaca louca

 

Fonte:
Ministério da Agricultura

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Naftali Emídio/Pref. do Cabo de Santo Agostinho
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Pei Fon/Prefeitura de Maceió

Governo digital