Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 07 > Espírito Santo recebe R$ 9,85 milhões para combate ao crack

Saúde

Espírito Santo recebe R$ 9,85 milhões para combate ao crack

por Portal Brasil publicado: 11/07/2012 17h32 última modificação: 29/07/2014 09h04

 

Previsão é de que a cidade de Vitória receba R$ 2 milhões para ações de tratamento até o final deste ano

 

O programa Crack, é Possível Vencer foi ampliado, nesta quarta-feira (11), para o estado do Espírito Santo. Com a adesão, serão fortalecidas as ações para aumentar a oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários de drogas, para enfrentar o tráfico e as organizações criminosas e, assim, ampliar atividades de prevenção. Serão investidos R$ 9,85 milhões no estado até 2014.

A previsão é de que a cidade de Vitória (ES) receba R$ 2 milhões para ações de tratamento até o final deste ano. A verba será usada para implantar duas novas Unidades de Acolhimento (uma infantil e uma adulta), um Centro de Apoio Psicossocial 24 horas especializado em tratamento de álcool e drogas, além da abertura de 10 leitos em comunidades terapêuticas. Em 2013, haverá a instalação de mais uma Unidade de Acolhimento para adulto.

Com ações voltadas para a escola e a comunidade, o estado contará com investimentos, da ordem de R$ 1 milhão, informa o Ministério da Justiça. Até 2014, serão ofertadas 5,2 mil vagas em capacitações presenciais e a distância para profissionais do estado. Com isto, a meta do governo é formar 1,9 mil educadores e policiais; 1,3 mil operadores de direito; 1,1 mil conselheiros; 275 profissionais de Saúde e Assistência Social; 275 lideranças religiosas; e 100 profissionais que atuam em comunidades terapêuticas.

O estado vai receber, por meio do programa, duas bases móveis equipadas com sistema de videomonitoramento, 40 câmeras de videomonitoramento fixo, dois veículos e quatro motocicletas e 400 equipamentos de menor potencial ofensivo, além da capacitação de 240 profissionais de segurança pública que irão atuar nos locais de uso de crack e outras drogas.

Outros estados como Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Acre e Santa Catarina já assinaram termo de cooperação com o Crack, é possível vencer.

Localize as instituições governamentais e não-governamentais de combate às questões relacionadas ao consumo de álcool e outras drogas no Brasil.

 

Crack, é Possível Vencer

Em dezembro do 2011, o governo federal lançou o programa “Crack, é possível vencer”, que prevê investimentos de R$ 4 bilhões de reais até R$ 2014, sendo R$ 2 bilhões destinados ao eixo da saúde.

Está prevista a implementação de policiamento ostensivo e de proximidade nas áreas de concentração de uso de drogas, onde serão instaladas câmeras de videomonitoramento fixo. O total de investimentos do governo federal na segurança pública chega a quase de R$ 3,8 milhões.

A expectativa é que a utilização de câmeras móveis e fixas contribua para inibir a prática de crimes, principalmente o tráfico de drogas.

 

Leia Mais:

Crack compromete desenvolvimento cerebral do dependente

Professores de escolas públicas podem se inscrever em curso de prevenção às drogas

União investirá R$ 13,3 milhões para enfrentar o crack no Acre

Santa Catarina inicia ações do programa Crack, é Possível Vencer

Prorrogadas inscrições do edital para criação de Centros Regionais de Referências

 

Fonte:
Ministério da Justiça
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Vacinação contra a gripe
Mais de 54 milhões de pessoas dos grupos prioritários devem ser vacinadas durante a campanha do Ministério da Saúde contra a gripe. A novidade deste ano é a inclusão dos professores das redes pública e privada no público-alvo
Projeto da Fiocruz usa bactéria para combater aedes aegypti
Projeto coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, usa uma bactéria encontrada na mosca da fruta para combater a dengue, zyka e chikungunya
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Mais de 54 milhões de pessoas dos grupos prioritários devem ser vacinadas durante a campanha do Ministério da Saúde contra a gripe. A novidade deste ano é a inclusão dos professores das redes pública e privada no público-alvo
Vacinação contra a gripe
Projeto coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, usa uma bactéria encontrada na mosca da fruta para combater a dengue, zyka e chikungunya
Projeto da Fiocruz usa bactéria para combater aedes aegypti

Últimas imagens

Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Arquivo/EBC
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Arquivo/EBC
Veículos reforçam  assistência à saúde na região do Alto Rio Solimões, onde 95% do transporte é fluvial
Veículos reforçam assistência à saúde na região do Alto Rio Solimões, onde 95% do transporte é fluvial
Foto: Luís Oliveira/Ministério da Saúde
Pesquisa entrevistou 53,2 mil pessoas maiores de 18 anos das capitais brasileiras
Pesquisa entrevistou 53,2 mil pessoas maiores de 18 anos das capitais brasileiras
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital