Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 07 > Onze estados já aderiram ao esforço nacional de combate ao uso de drogas

Saúde

Onze estados já aderiram ao esforço nacional de combate ao uso de drogas

por Portal Brasil publicado: 30/07/2012 17h00 última modificação: 29/07/2014 09h04
Programa Crack, é Possível Vencer Programa realiza capacitações para profissionais de educação, saúde e segurança

Programa realiza capacitações para profissionais de educação, saúde e segurança

Programa Crack, é Possível Vencer inclui ações de prevenção, atenção aos usuários e enfrentamento ao tráfico e investe em centros de tratamento e capacitação de profissionais de educação, saúde e segurança

Na última sexta-feira (27), o estado do Paraná e a prefeitura de Curitiba assinaram o termo de adesão ao Programa, que é mantido pelo governo federal. Com o pacto, serão fortalecidas ações para aumentar a oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários drogas, para enfrentar o tráfico e as organizações criminosas e para ampliar atividades de prevenção. 

O Paraná é o 11º estado a assinar a adesão ao programa federal e serão investidos R$ 102,2 milhões até 2014. Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Acre, Santa Catarina, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Piauí já integram o Crack, é Possível Vencer.

Com a adesão, o Paraná poderá, nos próximos dois anos, criar mais de 828 leitos para atendimento aos usuários de drogas. As vagas serão possíveis por meio da abertura de 83 leitos em enfermarias especializadas; construção de 10 Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS) 24 horas; 10 novas unidades de acolhimento (sendo nove destinadas ao público adulto e uma ao infantil); e parceria com Comunidades Terapêuticas para abertura de 500 vagas nesses espaços. Além disso, Curitiba vai receber quatro novos consultórios nas ruas. 

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), um dos parceiros na implementação do Programa, também irá financiar nove Centros de Referência Especializada em Assistência Social (Creas) e 38 Centros de Referência em Assistência Social (Cras) em Curitiba.

Ainda está previsto o financiamento para mais quatro unidades de Centro POP – equipamento público destinado a atender a população de rua – além da ampliação do atendimento de dois já em funcionamento. Haverá também 1,1 mil novas vagas em Unidades de Acolhimento. O MDS repassará, até 2014, o valor de R$ 43,9 milhões para a cidade.

O programa Crack, é Possível Vencer prevê, no total, R$ 4 bilhões em recursos federais e conta com ações dos ministérios da Justiça, da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, além da Casa Civil e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Prevenção e capacitação

O Programa irá ofertar, até 2014, dezenas de capacitações presenciais e a distância para formar, no estado, 9 mil educadores; 7 mil conselheiros; 1,5 mil policiais rodoviários federais; mil profissionais de Saúde e Assistência Social; 900 lideranças religiosas; 600 profissionais que atuam em comunidades terapêuticas; e 620 operadores de direito. A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça é responsável realizar a formação.

Um dos cursos mantidos pelo Programa está com inscrições abertas até o dia 6 de agosto: 5ª edição do Curso de Prevenção do Uso de Drogas. Estão sendo oferecidas 70 mil vagas e podem se inscrever professores da rede pública de ensino de todo o país. As aulas serão a distância e ocorrem de agosto de 2012 a abril de 2013 e estão sob a responsabilidade do Programa de Estudos e Atenção às Dependências Químicas (Prodequi) da Universidade de Brasília (UnB). Não há custos para os participantes. 

As inscrições devem ser feitas pelo site e serão aceitas participações de educadores efetivos ou temporários de escola pública estadual, municipal ou do Distrito Federal do ensino fundamental ou médio de todo o Brasil, em exercício em unidades de ensino. Cada escola deve inscrever, no mínimo, cinco professores para que seja formada uma turma na instituição de ensino. 

Saiba mais sobre o programa Crack, é Possível Vencer

Leia a cartilha com informações sobre o Programa

 

Assista vídeo da campanha de divulgação do Programa:



Leia mais:

Programa Crack, é Possível Vencer receberá até 2014 do governo federal R$ 4 bi

Programa Crack, é possível vencer tem ações em oito estados

Acre dá início ao programa Crack, é possível vencer

Ministério destina R$ 6 mi para criar centros de referência contra drogas

 

Fonte:

Ministério da Justiça

Ministério da Saúde

Ministério do Desenvolvimento Social

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Naftali Emídio/Pref. do Cabo de Santo Agostinho
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Pei Fon/Prefeitura de Maceió
A Anvisa proibiu também a fabricação e distribuição do produto saneante Hipoclorito de sódio Clorunforte
A Anvisa proibiu também a fabricação e distribuição do produto saneante Hipoclorito de sódio Clorunforte
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Governo digital