Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 07 > Pacientes da região Norte serão atendidos gratuitamente pelo Instituto Jamil Haddad

Saúde

Pacientes da região Norte serão atendidos gratuitamente pelo Instituto Jamil Haddad

por Portal Brasil publicado: 10/07/2012 14h26 última modificação: 29/07/2014 09h04
Governo da Bahia Os pacientes beneficiados estão na fila do cadastro da Central Nacional de Regulação de Alta Complexidade do Ministério da Saúde

Os pacientes beneficiados estão na fila do cadastro da Central Nacional de Regulação de Alta Complexidade do Ministério da Saúde

O instituto é centro de referência no tratamento de doenças e traumas ortopédicos de média e alta complexidades

Aproximadamente 55 pacientes de hospitais da Região Norte do País serão beneficiados neste mês de julho com cirurgias por meio do projeto Suporte, uma iniciativa do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) e que se destina a levar, para localidades com baixa capacidade de oferta de serviços especializados nas áreas de traumatologia e ortopedia, equipes de profissionais para realizar cirurgias em parceria com as secretarias estaduais de Saúde.

O Into é um órgão do Ministério da Saúde sediado no Rio de Janeiro e é um centro de referência no tratamento de doenças e traumas ortopédicos de média e alta complexidades.

Até a próxima sexta-feira (13), equipes de profissionais do Into estarão no Amapá onde, juntamente com profissionais da Secretária Estadual de Saúde local, vão operar 30 pacientes vítimas de traumas ortopédicos no Hospital de Clínicas Alberto Lima, em Macapá (AM).

Ao todo, em julho, serão realizadas duas ações cirúrgicas do projeto, beneficiando um total de 55 pacientes. Entre os dias 23 e 27 deste mês, os profissionais do Into estarão no Acre, também na Região Norte, para a realização de 25 cirurgias de quadril, que ocorrerão no Hospital de Clínicas do Acre, em Rio Branco.

Os pacientes beneficiados estão na fila do cadastro da Central Nacional de Regulação de Alta Complexidade (CNRAC). A cirurgia conta com vários profissionais, como por exemplo, médicos, enfermeiros e técnicos, todos envolvidos diretamente no projeto Suporte, que é realizado uma ou duas vezes por mês em várias regiões do País.

De acordo com um dos coordenadores do projeto, José Luis Ramalho, o trabalho é realizado tendo como parâmetro as necessidades dos estados cadastrados no sistema da CNRAC, que este ano promoveu cinco viagens para a realização de cirurgias.

“Nós estivemos duas vezes no Acre, duas no Amazonas e uma em Roraima beneficiando 97 pacientes. Número que saltará para 152 pacientes com as duas ações deste mês”, disse Ramalho.

A parceria com o Into implica na disponibilização para o instituto por parte das secretarias estaduais de Saúde de toda a estrutura hospitalar necessária e, em contrapartida, os profissionais locais participam do intercâmbio trocando experiências e obtendo capacitação com as cirurgias realizadas.

 

Leia mais:

Presidenta afirma que é possível ter saúde gratuita e de qualidade

Hospital referência em cirurgias ortopédicas quer triplicar capacidade de atendimento

Rio ganha novas instalações de atenção à traumatologia

Saiba mais sobre os centros de referência atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS)

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital