Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 07 > Paraná vai receber mais 400 mil doses da vacina contra gripe

Saúde

Paraná vai receber mais 400 mil doses da vacina contra gripe

por Portal Brasil publicado: 24/07/2012 12h13 última modificação: 29/07/2014 09h04
MS Medicamento usado para tratamento contra gripe.

Medicamento usado para tratamento contra gripe.

Serão imunizadas crianças de 2 a 5 anos, que não fizeram parte dos grupos prioritários da campanha nacional de vacinação

 

O estado do Paraná, que já registrou 25 mortes pela gripe A, vai receber na próxima quinta-feira (26), 400 mil doses da vacina de prevenção. Serão imunizadas crianças de 2 a 5 anos, que não fizeram parte dos grupos prioritários da campanha nacional (gestantes, crianças de até 2 anos, idosos, obesos e portadores de doenças crônicas).

Em Curitiba, que tem entre 60 mil e 70 mil crianças nessa faixa etária, a vacinação já começou na segunda-feira (23). Na última sexta-feira (20), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirmou que não há risco de uma nova epidemia no País. Conforme o ministro, o que existe hoje é uma maior circulação do vírus e capacidade para a sua detecção.

A campanha nacional de vacinação contra a gripe para o inverno de 2012, finalizada em junho, atingiu cobertura acima de 80%, uma das mais altas do mundo. O governo federal tem enviado reforço nas vacinas, como é o caso do Paraná, para os estados que fazem a solicitação.

Nos três estados da região Sul, foram registrados até agora 1,9 mil casos da doença: 899 no Paraná, 685 em Santa Catarina e 316 no Rio Grande do Sul. O número de casos fatais é de 46 no Rio Grande do Sul e 62 em Santa Catarina, somando 133 em toda a região. O índice é 16,9% maior do que o verificado em 2009, quando surgiu a doença e 2.060 pessoas morreram nos três estados.

 

Tamiflu

A gripe é caracterizada pelo surgimento simultâneo de febre e tosse ou dor de garganta, dor de cabeça, muscular ou nas articulações. Os médicos de todo País estão orientados a prescrever o Tamiflu aos pacientes que apresentarem os sintomas, para quem tiver Síndrome Gripal, mesmo antes dos resultados de exames ou sinais de agravamento. O medicamento, que reduz as chances de que a doença evolua para um caso grave, tem maior eficácia nas primeiras 48 horas de infecção.

Segundo o ministério da Saúde, todos os estados e o Distrito Federal estão abastecidos com o antiviral, que é oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Quem preferir pode comprar o Tamiflu nas farmácias de todo o País, com receita simples, sem a necessidade de controle especial em duas vias.

Só neste ano, as secretarias estaduais receberam 418,8 mil caixas do remédio, cujo princípio ativo é o oseltamivir. Cada caixa contém 10 comprimidos, suficientes para um tratamento completo. Do total de medicamentos repassados em junho, 51.190 caixas foram para Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul e São Paulo.

 

Prevenção

Para prevenção, é importante lavar as mãos várias vezes ao dia, evitar tocar a face com as mãos e proteger a tosse e o espirro com lenço descartável. Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível.

 

Leia mais:

Tamiflu passa a ser comercializado nas farmácias com receita médica simples

Todos os estados e o DF têm antiviral usado no tratamento da gripe, afirma Ministério da Saúde

Saúde alerta contra os riscos de disseminação do vírus da gripe

Vacinação contra gripe alcançou 80% da meta

Saúde garante eficácia da vacina contra gripe e apela para que pessoas se imunizem

 

Fonte:
Agência Brasil
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital