Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 07 > São Paulo, Bahia e Distrito Federal recebem novas UPAs

Saúde

São Paulo, Bahia e Distrito Federal recebem novas UPAs

por Portal Brasil publicado: 05/07/2012 19h18 última modificação: 29/07/2014 09h04
Wilson Dias/ABr Inauguração das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA)em SP, BA e DF

Inauguração das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA)em SP, BA e DF

Novas unidades serão entregues à população de São Bernardo do Campo (SP), Porto Seguro (BA) e Recanto das Emas (DF)

A presidenta Dilma Rousseff e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, inauguraram, nesta quinta-feira (5), três Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) em São Paulo, Bahia e Distrito Federal. A cerimônia aconteceu na UPA 24h de São Bernardo do Campo, de onde foi anunciada para a população de Porto Seguro (BA) e Recanto das Emas (DF), a abertura das outras duas novas unidades. Elas prestarão atendimento emergencial de baixa e média complexidade 24 horas por dia, sete dias por semana. Nas localidades em que estão em pleno atendimento, às unidades têm capacidade para atender, sem necessidade de encaminhamento ao pronto-socorro hospitalar, 97% dos pacientes.

“Uma parte fundamental do tratamento de um paciente é o acesso e o atendimento humano de qualidade. Vamos fazer o possível e o impossível para dar saúde de qualidade para a população brasileira”, disse a presidenta Dilma Rousseff.  

O ministro Alexandre Padilha ressaltou a importância do papel das unidades na organização do atendimento de uma região. “Ninguém escolhe a hora para ficar doente ou passar mal. Quando isso acontecia, a única alternativa que as pessoas tinham era procurar o pronto-socorro de um hospital e conviver ou disputar espaço com casos muito mais graves, como acidentados do trânsito. Com as UPAs funcionando 24 horas por dia elas reduzirão a lotação nos hospitais e o tempo de espera do atendimento do cidadão”, explicou Padilha.

Lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, as UPAs fazem parte do programa Saúde Toda Hora e tem entre os objetivos reorganizar a rede de atenção aos atendimentos de urgências do Sistema Único de Saúde (SUS). As unidades oferecem assistência de emergência 24h por dia, durante sete dias da semana, e contribuem para reduzir filas ao desafogar os prontos-socorros de hospitais.

Todas as UPAs, que oferecem serviço de Raio-X, laboratório para exames, aparelho de eletrocardiograma e atendimento pediátrico, entre outros, passarão a atender a população imediatamente após a cerimônia de inauguração.

Leia mais:

Rio de Janeiro terá R$ 450 milhões para qualificar atendimento do SUS

Municípios gaúchos receberão R$ 318,8 milhões para aprimorar rede de urgência

Rede de urgências do Paraná receberá R$ 159 milhões para qualificar atendimento

Governo federal garante adicional de R$ 73,2 milhões para saúde em quatro estados

 

Fonte:

Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital