Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 08 > Cidadão poderá acompanhar obras da Funasa pela internet

Saúde

Cidadão poderá acompanhar obras da Funasa pela internet

por Portal Brasil publicado: 29/08/2012 16h30 última modificação: 29/07/2014 09h04
Exibir carrossel de imagens Funasa Durante o lançamento no auditório da Câmara dos Deputados, em Brasília, foi demonstrado o funcionamento do Sismoc

Durante o lançamento no auditório da Câmara dos Deputados, em Brasília, foi demonstrado o funcionamento do Sismoc

Sistema de monitoramento permite que qualquer pessoa possa ver os estágios de execução das obras de saneamento realizadas pelo órgão, via internet

Foi lançado na última terça-feira (28), pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e pelo presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Gilson Queiroz, o Sistema Integrado de Monitoramento de Convênios (Sismoc). A nova ferramenta, que estará disponível na página da Funasa na internet, possibilitará que qualquer pessoa acompanhe as obras, resultados de convênios com a Funasa, em qualquer município brasileiro com população de até 50 mil habitantes.



A Funasa administra, atualmente, cerca de 12 mil convênios de saneamento, grande parte em fase de execução, incluindo as obras referentes aos Planos de Aceleração de Crescimento (PAC 1 e PAC 2). Por meio do Sismoc, é possível acompanhar o estágio em que se encontra cada um dos convênios ou termos de compromissos firmados entre a Fundação e os municípios brasileiros. O cidadão poderá pesquisar os percentuais de execução da obra e valores liberados.

Todos esses documentos são, atualmente, gerenciados por quatro sistemas de informação: o Sistema Integrado de Gerenciamento de Obras (Sigob), o Sistema Gerencial de Projetos de Saneamento (Sigezan), o Sistema de Gestão de Convênios (Siscon) e o Sistema de Convênio (Siconv), cada um com sua característica, mas inacessíveis a consultas por parte da população. A nova ferramenta integra os sistemas já existentes.

Criado pela Coordenação-Geral de Modernização e Tecnologia da Informação da Funasa, o Sismoc representa uma inovação em termos de acompanhamento de convênios e obras, por se tratar de acesso direto aos relatórios produzidos pelos engenheiros da Funasa. O novo sistema atende à determinação da Lei de Acesso à Informação, no sentido de disponibilizar uma ferramenta de consulta para o cidadão e, também, a uma orientação de tornar os temas relativos ao PAC mais transparentes para a sociedade.

Conheça o sistema Sismoc 


Como acessar

A nova ferramenta poderá ser encontrada no sítio da Funasa por duas maneiras:
1. Entrar no site da Funasa;
2. Procurar banner em destaque na página e clicar;
3. Inserir os dados necessários para obter as informações.
ou
1. Entrar no site da Funasa;
2. Clicar na área de Acesso à Informação (Lei 12.527, de 18/11/2011);
3. Em seguida, escolher o menu Convênios;
4. Inserir os dados necessários para obter as informações.

Leia mais:

PAC Saneamento recebe investimento de R$ 45 bilhões até 2014

Funasa assina ordem de serviço para abastecimento de água em oito municípios de MS

Fonte:

Ministério da Saúde

Funasa

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital