Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 08 > Municípios paraenses receberão investimentos para unidades de saúde

Saúde

Municípios paraenses receberão investimentos para unidades de saúde

por Portal Brasil publicado: 03/08/2012 20h23 última modificação: 29/07/2014 09h04

Mais de R$ 346 milhões serão aplicados na rede de urgência do estado - os recursos irão beneficiar 93 cidades

O Ministério da Saúde liberou, nesta sexta-feira (3), R$ 346,7 milhões para implantação da primeira etapa do Plano de Ação da Rede de Urgência e Emergência (RUE) do Pará. A medida beneficia 93 municípios paraenses e tem como objetivo potencializar a organização da rede e ampliar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com nota do ministério, o novo recurso permitirá o aprimoramento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), habilitar e qualificar Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h), reforçar o programa de Atenção Domiciliar e o custear salas de estabilização, além de construção de leitos clínicos e de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva). 

Estruturação da rede de saúde do Pará

Investimentos no valor de R$ 93,1 milhões serão destinados para a implantação de 292 novos leitos de UTI, sendo 198 adulto e 94 pediátricos. Outros R$ 10,8 milhões serão aplicados na qualificação de 63 leitos de UTI adulto e 35 pediátricos já existentes.

Também haverá investimentos para manutenção das Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) no estado. Ao todo serão R$ 105,3 milhões para o custeio anual de 45 novas UPAs - sendo 22 porte I, 16 de porte II e outras sete de porte III. Estas unidades são equipadas para realizar atendimentos de complexidade intermediária.

Para a Atenção Domiciliar (Melhor em Casa), o Ministério da Saúde aprovou o repasse anual de R$ 12,4 milhões para o custeio de 39 equipes multiprofissionais, que resultará no aprimoramento dos serviços prestados à população.

Outros R$ 22,1 milhões de investimento do ministério serão aplicados na ampliação do SAMU 192. Serão qualificadas cinco motolâncias, uma equipe de embarcação e habilitação de 16 unidades de suporte e seis centrais de regulação médica.

SAMU

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas. O socorro começa com a chamada gratuita, feita para o telefone 192. A ligação é atendida por técnicos que identificam a emergência e transferem o telefonema para um médico, que faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações.

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24horas)

Lançadas como parte da Política Nacional de Urgência e Emergência (2003), as Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) funcionam como unidades intermediárias entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os hospitais e ajudam a desafogar os prontos-socorros, ampliando e melhorando o acesso dos brasileiros aos serviços de urgência no Sistema Único de Saúde (SUS).

Essas unidades atendem a casos de saúde que exijam atenção médica intermediária como problemas de pressão, febre alta, fraturas, cortes e infartos, evitando que estes pacientes sejam sempre encaminhados aos prontos-socorros dos hospitais.


Leia mais:

Unidades Básicas de Saúde receberão R$ 8 milhões em investimentos

Saúde libera R$ 48 milhões para investimentos em hospital de Alagoas

Saúde anuncia investimento de mais R$ 348 milhões em São Paulo

Fonte:
Ministério da Saúde




Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia. Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia.  Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia

Últimas imagens

O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
Divulgação/Ministério da Saúde
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Arquivo/Agência Brasil
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Divulgação/Ministério da Saúde
Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos
Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos
Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital