Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 08 > Programa de combate às drogas chega ao Ceará

Saúde

Programa de combate às drogas chega ao Ceará

por Portal Brasil publicado: 01/08/2012 11h55 última modificação: 29/07/2014 09h04
Marcello Casal JR./Agência Brasil Conselheiros tutelares participarão de abordagens de rua a crianças e adolescentes

Conselheiros tutelares participarão de abordagens de rua a crianças e adolescentes

 

É o 12º estado a assinar a adesão ao programa Crack, é possível Vencer

 

O estado do Ceará aderiu, na terça-feira (31), ao programa Crack, é possível vencer. Com a adesão ao programa federal, será possível criar ações para aumentar a oferta de tratamento de saúde e a atenção aos usuários de drogas. O programa pretende ainda enfrentar o tráfico e as organizações criminosas, além de ampliar atividades de prevenção. A previsão de investimento no estado é R$ 111,8 milhões até o ano de 2014.

Este é o 12º estado a assinar a adesão ao programa federal. Já integram o Crack, é possível Vencer: Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Acre, Santa Catarina, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Piauí e Paraná.

Com os recursos, o Ceará poderá implantar mais de 217 leitos para atendimento aos usuários de drogas, em especial o crack, no prazo de dois anos. As vagas serão possíveis por meio da abertura de 48 leitos em enfermarias especializadas; qualificação de seis Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps), que passam a ter atendimento 24 horas. Além de duas novas unidades de acolhimento (sendo uma destinada ao público adulto e uma ao infantil) e parceria com Comunidades Terapêuticas para abertura de 120 vagas nesses espaços. A capital Fortaleza vai receber três novos consultórios nas ruas. Para estas ampliações serão investidos R$ 79,6 milhões.

 

Investimento

Com o programa, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome irá financiar, em Fortaleza, mais três Centros de Referência Especializada em Assistência Social (Creas) e quatro Centros de Referência em Assistência Social (Cras).

Atualmente, a cidade conta com dois Creas e 24 Cras. Ainda está previsto o financiamento para mais uma unidade de Centro POP (equipamento público destinado a atender a população de rua) e a ampliação do atendimento do que já está em funcionamento, bem como de 700 vagas em Unidades de Acolhimento. Serão cinco novas equipes de abordagem social nas ruas. Até 2014, o valor do investimento será de R$ 24,8 milhões.

Conselhos tutelares também participarão das abordagens das equipes de saúde, de assistência social e segurança quando forem realizadas com crianças e adolescentes. A medida serve como garantia de Direitos das Crianças e Adolescentes. A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República realizará a formação desses conselheiros em abordagem de dependentes.

 

Reforço

Com ações voltadas para a escola e a comunidade, o Ceará poderá contar com investimentos, aplicados diretamente pela União, no valor de R$ 1,4 milhão. Até 2014, serão ofertadas vagas em capacitações presenciais e a distância para profissionais do estado.

A meta é formar no estado sete mil educadores, dois mil conselheiros, todo o efetivo de policiais rodoviários federais do estado, 3,6 mil profissionais de Saúde e Assistência Social, 600 lideranças religiosas, 150 profissionais que atuam em comunidades terapêuticas, 600 operadores de direito e 300 policiais.

O Ceará vai receber ainda três bases móveis equipadas com sistema de videomonitoramento, 60 câmeras de videomonitoramento fixo, três veículos, seis motocicletas e 600 equipamentos de menor potencial ofensivo. Serão capacitados 160 profissionais de segurança pública que irão atuar em locais de uso de crack e outras drogas.

 

Combate às drogas

Crack, é Possível Vencer conta com ações dos ministérios da Justiça, da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, além da Casa Civil e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O programa prevê, no total, R$ 4 bilhões em recursos federais.

As ações policiais do programa se concentram nas fronteiras e nos locais de maior concentração de uso do crack nos centros urbanos. Está previsto também o reforço de policiamento ostensivo e de proximidade nas áreas de concentração de uso de drogas, onde serão instaladas câmeras de videomonitoramento fixo.

 

Leia mais:

Conheça projetos que são referência no atendimento aos usuários

Mato Grosso do Sul adere ao programa Crack, É Possível Vencer

Espírito Santo recebe R$ 9,85 milhões para combate ao crack

Programa Crack, é Possível Vencer receberá até 2014 do governo federal R$ 4 bi

Presidenta anuncia guerra contra o crack

 

Fonte:
Ministério da Justiça

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para  a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para   municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital