Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 08 > Rio de Janeiro receberá mais R$ 44 mi para melhorar atendimento de saúde

Saúde

Rio de Janeiro receberá mais R$ 44 mi para melhorar atendimento de saúde

por Portal Brasil publicado: 14/09/2012 18h03 última modificação: 29/07/2014 09h04
Portal Brasil As UPAs funcionam 24 horas e possui laboratório, equipamento de raio x e leito

As UPAs funcionam 24 horas e possui laboratório, equipamento de raio x e leito

O modelo de UPAs, originado em experiências municipais, foi aprimorado no Rio de Janeiro e é focado no atendimento de baixa e média complexidade

Mais R$ 44 milhões serão destinados a 20 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Rio de Janeiro com o objetivo de qualificar o atendimento nas unidades. O Ministério da Saúde ampliou de R$ 137 para R$ 181 milhões o montante de recursos para o estado este ano. Os valores são retroativos a janeiro de 2012.

Para o ministro Alexandre Padilha, o recurso vai complementar os atendimentos já realizados e desafogar a urgência nos hospitais. Nas localidades em que estão em pleno atendimento, as UPAs dão conta de atender, sem necessidade de encaminhamento ao pronto-socorro hospitalar, 97% dos pacientes que as procuram.

As UPAs que terão o atendimento ampliado são: Engenho Novo, Ilha do Governador, Irajá, Itaguaí, Jacarepaguá, Nilópolis, Queimados, Rio Bonito, Penha, Realengo, Ricardo de Albuquerque, Copacabana, Botafogo, Três Rio, Nova Iguaçu, Cabuçu, Complexo da Maré, Tijuca e duas em Duque de Caxias.

“Estamos dobrando o recurso repassado aos estados e municípios para custeio das unidades. O objetivo é melhorar a qualidade do atendimento”, afirma Padilha. Para ele, o modelo adotado no Rio de Janeiro inspira o Ministério da Saúde a estimular que outros estados e municípios busquem soluções para o atendimento da população.

UPAs do Rio de Janeiro

O estado do Rio de Janeiro possui 50 UPAs gerenciadas pelo governo estadual. Estas unidades são responsáveis pelo recorde de 14 milhões de atendimentos e distribuição de 100 milhões de medicamentos desde 2007, quando foi aberta a primeira unidade, no Complexo da Maré.  O município da cidade do Rio adminis

tra outras seis UPAs.

Elas funcionam 24 horas, todos os dias da semana. Médicos atendem 24h. Além de equipe de sáude, as unidades contém equipamentos de raio-x, laboratórios para exames, leitos para os pacientes que precisam ficar em observação e até pequenas UTIs. Se o caso for mais grave, o paciente recebe o socorro imediato na UPA para depois ser transportado, com segurança, para um hospital nas ambulâncias do Samu.

Atualmente, são mais de 224 UPAs no Brasil, atendendo a uma média de dois milhões de pessoas por mês e aproximadamente 25 milhões de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no ano. “De cada 100 pessoas que antes iam à emergência disputar espaço com casos muito graves, 97 são atendidas nos serviços das UPAs”, diz Padilha.

 

 

Leia mais:

Rondônia recebe duas Unidades de Pronto Atendimento

Entenda o objetivo das Unidades Básicas de Saúde

UPAs do Rio de Janeiro receberão mais R$ 90 milhões por ano

São Paulo, Bahia e Distrito Federal recebem novas UPAs

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Naftali Emídio/Pref. do Cabo de Santo Agostinho
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Pei Fon/Prefeitura de Maceió
A Anvisa proibiu também a fabricação e distribuição do produto saneante Hipoclorito de sódio Clorunforte
A Anvisa proibiu também a fabricação e distribuição do produto saneante Hipoclorito de sódio Clorunforte
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Governo digital