Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 09 > Aprovada parceria para produção de medicamentos e transferência de tecnologia

Saúde

Aprovada parceria para produção de medicamentos e transferência de tecnologia

por Portal Brasil publicado: 14/09/2012 16h00 última modificação: 29/07/2014 09h03
Governo da Bahia Resolução cria os procedimentos necessários para o registro de produtos em desenvolvimento e de transferência de tecnologia

Resolução cria os procedimentos necessários para o registro de produtos em desenvolvimento e de transferência de tecnologia

A ação deverá alavancar a indústria farmacêutica brasileira e diminuir a vulnerabilidade do SUS em relação à dependência externa de produtos e de tecnologias para a saúde

 

A Diretoria Colegiada da Anvisa (Dicol) aprovou na última quinta-feira (13), em reunião pública, uma resolução que cria os procedimentos necessários para o registro de produtos em desenvolvimento e de transferência de tecnologia, em parceria público/privado ou público/público, de interesse do Sistema Único de Saúde (SUS). Os produtos em desenvolvimento devem ter o aval do Ministério da Saúde (MS) e serão acompanhados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A ação deve alavancar a indústria farmacêutica brasileira e diminuir a  dependência por produtos de outros países. A resolução aprovada pela Anvisa se insere nas propostas do programa Brasil Maior e está fundamentada na política industrial brasileira. Além disto, a resolução amplia mecanismos e práticas estratégicas para a ampliação do acesso a novas tecnologias de interesse para o País, além de permitir uma economia de cerca de 25% no valor do que hoje o Brasil importa para o setor saúde.

Representantes de laboratórios brasileiros presentes na reunião pública, informaram que têm condições de colocar no mercado um novo produto, ou transferir tecnologia, entre 18 e 36 meses. Os representantes também enalteceram a capacidade regulatória da Anvisa, que se assemelha aos melhores padrões internacionais, conferindo segurança para quem utiliza produtos e serviços certificados pela Agência.

Leia mais:

Brasileiros têm acesso a remédios gratuitos 

Novos medicamentos para artrite serão distribuídos pelo SUS 

4,8 milhões de pessoas já têm acesso a remédios mais baratos. Saiba como 

Retirada de medicamento gratuito para idosos pode ser feita por procuração 

Uso precoce de antirretrovirais vai ajudar a reduzir o risco de transmissão do HIV

Fonte:

Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões

Últimas imagens

A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Karina Zambrana/Ministério da Saúde
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital