Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 10 > Bahia recebe R$ 77,3 milhões para ampliar rede de assistência à mulher e ao bebê

Saúde

Bahia recebe R$ 77,3 milhões para ampliar rede de assistência à mulher e ao bebê

por Portal Brasil publicado: 31/10/2012 16h54 última modificação: 29/07/2014 09h02

Recursos são destinados ao custeio de Centros de Parto Normal, Casas da Gestante, Bebê e Puérpera e leitos

 

A Bahia vai receber mais R$ 77,3 milhões para custear as ações da estratégia Rede Cegonha, de assistência à mulher e ao bebê. Os recursos estão previstos na Portaria 2.448 e são destinados ao custeio de 15 Centros de Parto Normal (CPN); cinco Casas da Gestante, Bebê e Puérpera; 111 leitos de Gestação de Alto Risco, 13 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto tipo II, 83 leitos de UTI Neonatal tipo II; 90 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) Neonatal e 53 leitos de UCI Canguru.

O recurso também prevê a qualificação de 23 leitos de Gestação de Alto Risco, 24 leitos de UTI Adulto tipo II, 17 leitos de UTI Neonatal tipo II e 22 leitos de UCI Neonatal.

A segunda etapa do plano de ação da Rede Cegonha na Bahia contempla 15 municípios. São eles: Ilhéus, Itabuna, Jequié, Valença, Canavieiras, Camacan, Juazeiro, Paulo Afonso, Campo Formoso, Senhor do Bonfim, Irecê, Xique-xique, Miguel Calmon, Morro do Chapéu e Jacobina.

De imediato, serão repassados R$ 7,9 milhões para os serviços existentes. O restante do valor será pago conforme andamento da Rede Cegonha no estado.

Estratégia

Lançada ano passado, a Rede Cegonha fortalece um modelo de atenção à saúde que começa no planejamento familiar e na confirmação da gravidez, passando pelo pré-natal, parto, pós-parto e até os dois primeiros anos de vida da criança.

As ações previstas têm o objetivo de qualificar, até 2014, toda a rede de assistência à saúde da mulher e do bebê, ampliando e melhorando as condições para que as gestantes possam dar à luz e cuidar de seus filhos de forma segura e humanizada.

 

Fonte:

Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Acordo entre governo e indústria reduziu 17 mil toneladas de sódio nos alimentos
Novo acordo pretende reduzir mais 11 mil toneladas da substância nos alimentos mais consumidos no País
Médicos destacam importância dos transplantes
Profissionais contam sobre os bastidores dos transplantes realizados no Brasil
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue
Novo acordo pretende reduzir mais 11 mil toneladas da substância nos alimentos mais consumidos no País
Acordo entre governo e indústria reduziu 17 mil toneladas de sódio nos alimentos
Profissionais contam sobre os bastidores dos transplantes realizados no Brasil
Médicos destacam importância dos transplantes

Últimas imagens

Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Foto: Sergio Amaral/MDS
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
J. Freitas/Agência Brasil
Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação
Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação
Divulgação/Ministério da Saúde
Doença afeta entre 10% a 25% da população adulta, segundo a Anvisa
Doença afeta entre 10% a 25% da população adulta, segundo a Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
O brasileiro ingere 12 gramas de sódio por dia, mais que o dobro do sugerido pela Organização Mundial da Saúde
O brasileiro ingere 12 gramas de sódio por dia, mais que o dobro do sugerido pela Organização Mundial da Saúde
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital