Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 10 > Idosos devem manter vacinações em dia para prevenir doenças

Saúde

Idosos devem manter vacinações em dia para prevenir doenças

por Portal Brasil publicado: 05/10/2012 16h59 última modificação: 29/07/2014 09h02
Governo do Rio de Janeiro Pessoas acima dos 60 anos têm um números de doses de vacinas que devem estar em dia para manter a saúde garantir um envelhecimento ativo

Pessoas acima dos 60 anos têm um números de doses de vacinas que devem estar em dia para manter a saúde garantir um envelhecimento ativo

Cada vacina segue um esquema diferenciado, por isso é necessário que o paciente complete o ciclo determinado por cada uma

 

Em comemoração à Semana Nacional do Idoso, o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, faz um alerta: manter o cartão de vacinação em dia é extremamente importante.

A Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa foi criada em 2007 e, desde então, é entregue às secretarias estaduais e municipais de Saúde. Com o cartão em mãos, o paciente tem a oportunidade de registrar informações importantes sobre sua saúde, como controle de peso, glicemia e medicação utilizada.

De acordo com a coordenadora do PNI, Carla Domingues, é muito importante que os idosos mantenham a caderneta atualizada, pois a vacina contra a gripe, por exemplo, protege dos três principais vírus que circulam no Hemisfério Sul. “O grupo dos idosos é o que mais apresenta complicações advindas da gripe e a principal intervenção preventiva em saúde pública é, sem dúvida, a vacinação”, explica.

Para manter a caderneta atualizada, o idoso conta com vacinas contra hepatite B, febre amarela e a pneumocócica 23-valente (para aqueles com indicações nos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais - CRIES), disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do País. Cada vacina segue um esquema diferenciado, por isso é necessário que o paciente complete o ciclo determinado por cada uma.

Segundo dados da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, em 2012, a cobertura total da campanha de vacinação contra a influenza A - principal campanha destinada aos idosos - foi de 86%. 

Carla Domingues lembra que a cobertura vacinal do PNI engloba diferentes faixas etárias. “Vale ressaltar que as UBS não disponibilizam vacinas apenas para os idosos, mas também para as crianças, adultos e adolescentes e população indígena”, afirma Carla.

PNI

O programa nasceu em 1973 com o objetivo de coordenar as ações de imunizações no Brasil. Mas há quase quatro décadas, vem mudando a história do país.  Ao longo do tempo, sua atuação apresentou avanços consideráveis e hoje, é parte integrante do Programa da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Confira o calendário do PNI 

Leia mais:

Internações de idosos diminuem 70% em todo o País 

Brasil fará parte de pesquisa internacional sobre idoso 

Dia Nacional do Idoso é marcado por avanços na saúde, habitação, transporte e previdência 

Planos de saúde têm obrigação de conduzir pacientes para municípios que ofereça atendimento 

Concurso vai escolher equipe de idosos do Vida Saudável para estrelar vídeo institucional 

Fonte:

Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital