Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 11 > Estados recebem até dezembro R$ 216 milhões em recursos para medicamentos

Saúde

Estados recebem até dezembro R$ 216 milhões em recursos para medicamentos

por Portal Brasil publicado: 05/11/2012 14h01 última modificação: 29/07/2014 09h02
MEC A portaria que autoriza os repasses, e que é publicada regularmente a cada três meses. Os próximos repasses – a todos os estados – deverão ser realizados no primeiro trimestre de 2013

A portaria que autoriza os repasses, e que é publicada regularmente a cada três meses. Os próximos repasses – a todos os estados – deverão ser realizados no primeiro trimestre de 2013

Os recursos serão repassados em três momentos: R$ 72 milhões em outubro, R$ 72 milhões em novembro e R$ 72 milhões em dezembro

 

Foi aprovado pelo Ministério da Saúde novos repasses para aquisição e distribuição de medicamentos a todos os estados brasileiros e Distrito Federal. Ao todo, serão repassados R$ 216 milhões para compra e reposição de medicamentos do Sistema Único de Saúde (SUS), que foram oferecidos à população nos meses de junho, julho e agosto de 2012 e registrados no sistema de informações ambulatórias da rede pública de saúde.

Os recursos serão repassados em três momentos: R$ 72 milhões em outubro, R$ 72 milhões em novembro e R$ 72 milhões em dezembro. Esse montante de financiamento federal refere-se à dispensação efetiva dos medicamentos pelas unidades federadas e informada pelos estados. Ou seja, trata-se de um ressarcimento ao que já foi financiado pelas secretarias estaduais.

Alguns estados que não informaram a tempo os dados para o ressarcimento do ministério nos meses de junho, julho ou agosto de 2012, receberão os repassem correspondentes à média dos meses apresentados. A partir desse critério, foi realizado um ajuste maior aos estados de Goiás, Tocantins, Amapá, Pará, Alagoas, Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, que apresentaram, neste período, as informações faltantes do período anterior – março, abril e maio de 2012. Caso os dados estejam disponíveis na próxima portaria de repasse, os recursos serão ajustados.

A portaria que autoriza os repasses, e que é publicada regularmente a cada três meses, foi disponibilizada na última segunda-feira (29), no Diário Oficial da União. Os próximos repasses – a todos os estados – deverão ser realizados no primeiro trimestre de 2013. Confira a tabela dos recursos repassados no 4º trimestre de 2012:

Financiamento

Atualmente, o elenco de medicamentos do componente especializado é dividido em três grupos, conforme a Portaria 2.981/2009. O primeiro, chamado Grupo 1, é 100% financiado pelo Ministério da Saúde de duas maneiras: por meio de aquisições centralizadas pela União (Grupo 1A) e corresponde aos medicamentos que o ministério adquire e encaminha diretamente às secretarias estaduais; e por meio de financiamento direto (Grupo 1B), que corresponde aos medicamentos adquiridos pelos estados com financiamento do Ministério da Saúde. A portaria publicada refere-se ao financiamento, aos estados, dos medicamentos do Grupo 1B.

Os medicamentos do Grupo 1 são os indicados para doenças mais complexas e para os casos de intolerância aos medicamentos das primeiras e segundas linhas de tratamento definidas nos protocolos clínicos e que demandam o maior volume de recurso financeiro necessário para a sustentabilidade do componente. Já o terceiro grupo, chamado de Grupo 2, é de medicamentos totalmente financiados e comprados pela secretarias estaduais de saúde.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões

Últimas imagens

Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Marcos Santos/USP Imagens
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Ronaldo Lima/Prefeitura de Diadema (SP)
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Arquivo/EBC
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Arquivo/EBC

Governo digital