Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 12 > Servidores do sistema prisional terão cursos em Gestão em Saúde

Saúde

Servidores do sistema prisional terão cursos em Gestão em Saúde

por Portal Brasil publicado: 04/12/2012 12h38 última modificação: 29/07/2014 09h02
Divulgação / EBC São 425 vagas para servidores do sitema prisional de todos os estados e de órgãos do governo federal

São 425 vagas para servidores do sitema prisional de todos os estados e de órgãos do governo federal

O curso tem início em fevereiro de 2013 com carga horária de 360 horas/aula

Servidores do sistema prisional poderão se capacitar por meio de cursos

de pós-graduação. O Departamento Penitenciário Nacional promove curso em Gestão em Saúde no Sistema Prisional. Ao todo são 425 vagas para os servidores de todos os estados e de órgãos do governo federal.

A iniciativa é parte de um projeto de capacitação profissional e desenvolvimento de recursos humanos do Plano Nacional de Saúde no Sistema Prisional. O curso se inicia em fevereiro de 2013 e vai abordar, entre outras questões, a saúde coletiva e suas interfaces com a política prisional, com carga horária de 360 horas/aula.

Poderão participar servidores dos sistemas penitenciários estaduais e federal, das secretarias de administração prisional e de saúde, dos tribunais de Justiça, defensorias públicas, ministérios públicos e do Ministério da Saúde.

A indicação dos candidatos cabe aos gestores de cada órgão. Todos os servidores indicados devem necessariamente atuar na área de saúde prisional.

Na área já foram investidos R$ 1,3 milhão para a capacitação a distância, realizada em parceria com a Fiocruz e a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul.

Política Nacional de Saúde no Sistema Penitenciário

A Política Nacional de Saúde no Sistema Penitenciário é uma iniciativa conjunta dos Ministério da Saúde e da Justiça. O objetivo primordial é garantir o acesso à saúde pelas pessoas privadas de liberdade (masculinas, femininas e psiquiátricas), oferecendo ações e serviços de atenção básica in loco, ou seja, dentro das unidades prisionais.

Essas ações envolvem, dentre outras, campanhas de vacinação; direito à visita íntima; distribuição de kits de medicamentos da farmácia básica, incluindo a distribuição de preservativos masculinos e medicamentos específicos para gestantes; inclusão da população penitenciária na política de planejamento familiar e são desenvolvidas por equipes multiprofissionais, compostas minimamente por médico, cirurgião dentista, psicólogo, assistente social, enfermeiro, e auxiliar de enfermagem.

As ações são voltadas para a prevenção, promoção e tratamento de agravos em saúde, primando pela atenção integral em: saúde bucal, saúde da mulher, doenças sexualmente transmissíveis, aids e hepatites virais, saúde mental, controle da tuberculose, hipertensão e diabetes, hanseníase, assistência farmacêutica básica, imunizações e coletas de exames laboratoriais.

 

Fonte:
Ministério da Justiça
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital