Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 01 > Estendido prazo para farmácias informarem venda de antibióticos

Saúde

Estendido prazo para farmácias informarem venda de antibióticos

por Portal Brasil publicado: 18/01/2013 11h29 última modificação: 29/07/2014 09h19
Anvisa Anvisa prorrogou prazo para o dia 16 de abril deste ano, para as farmácias se adequarem à exigência de informar eletronicamente as vendas de antibióticos

Anvisa prorrogou prazo para o dia 16 de abril deste ano, para as farmácias se adequarem à exigência de informar eletronicamente as vendas de antibióticos

Farmácias terão mais três meses para adequarem seus equipamentos eletrônicos ao sistema que informa a venda de antibiótico

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) prorrogou nesta quinta-feira (17), para o dia 16 de abril deste ano, o prazo para as farmácias se adequarem à exigência de informar eletronicamente as vendas de antibióticos. O prazo se encerraria no último domingo (13 de janeiro).

Desde 2010, a venda de antibióticos é feita com a retenção, pela farmácia, de uma via da receita médica. A decisão da Anvisa de controlar eletronicamente as vendas de antibióticos tem o objetivo de tornar mais rigoroso o acesso ao medicamento.

De acordo com a Anvisa, a venda de medicamentos sujeitos à prescrição médica sem apresentação da receita é um problema grave de saúde pública. A cultura da automedicação e a falta de controle sobre a dispensação desses produtos em farmácias e drogarias são fatores que comprometem toda a cadeia de vigilância sobre a produção e utilização de medicamentos no País.

 

Norma

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nova norma para regulamentar a venda de antibióticos no País. A Resolução RDC nº 20, que foi publicada no Diário Oficial da União do dia 09 de maio de 2011, substitui todas as normas anteriores sobre o tema. 

A nova resolução mantém as exigências previstas na RDC nº. 44/2010, quanto à apresentação, retenção e escrituração das receitas contendo medicamentos antimicrobianos. O objetivo é minimizar a elevação da resistência bacteriana no Brasil.

 


Principais alterações 

Alteração da via retida e da devolvida para o paciente (retenção da 2ª via na farmácia/drogaria e devolução da 1ª via para o paciente); foco nos dados do paciente, possibilitando o monitoramento sanitário e farmacoepidemiológico (inclusão da idade e sexo na receita a serem preenchidos pelo profissional prescritor habilitado); harmonização dos prazos referentes à adequação de embalagem, rotulagem e bula (de acordo com o preconizado pelas RDCs nº 71 e 47/2009); redução para dois anos o prazo para guarda de documentos (notas fiscais e receitas).

 

Fonte: 

Agência Brasil
Agência Nacional de Vigilância Sanitária  
Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital